AXÉBUSU

certificada 2001

Instituição
Centro Projeto Axé de Defesa e Proteção à Criança e ao Adolescente
Endereço
Av. Estados Unidos,161 – Ed. Suerdieck, 9º Andar - Comércio - Salvador/BA
E-mail
arteducacao@projetoaxe.org.br
Telefone
(71) 3242-5912
Responsáveis pela tecnologia
NomeTelefoneE-mailRedes Sociais
Marle de Oliveira Macedo(71) 3242-5912arteducacao@projetoaxe.org.br
Resumo da Tecnologia

O Axébusu, é um ônibus adaptado com uma biblioteca, utilizado pela equipe de educação do Projeto Axé em locais com concentração de crianças e adolescentes em situação de rua na cidade de Salvador-BA, realizando atividades arteducativas, proporcionando um espaço diferenciado, semiaberto e criativo.*{ods4}*

Tema Principal

Educação

Problema Solucionado

A educação de rua do Projeto Axé tem como objetivo proporcionar às crianças e adolescentes em situação de risco social o encontro com uma educação que valorize o diálogo, o desejo e a construção coletiva do saber, estimulando assim um projeto de vida. O educador, através do dialogo e do vínculo que se fortalece processualmente, vai conhecendo a história de vida desses educandos e combinando encontros para a realização de atividades e diálogo pedagógico. Antes do Axébusu, as atividades eram realizadas nas praças, ocasionando uma certa dispersão do grupo; com o Axébusu, as atividades se tornaram mais planejadas e sistematizadas, sendo um ponto de encontro entre educadores e educandos, estabelecendo um espaço intermediário entre a rua e as unidades de atendimento do Projeto Axé.

Objetivo Geral

Oferecer um espaço interativo para a realização de atividades arteducativas de letramento, anteriores ao encaminhamento para as unidades de atendimento do Projeto Axé.

Objetivo Específico

1) Apoiar a realização das oficinas arteducativas do Projeto Axé nas áreas atendidas pela educação de rua. 2) Visibilizar os produtos artísticos desenvolvidos pela instituição, prestando contas à sociedade do trabalho desenvolvido pelo Projeto Axé. 3) Oferecer um espaço semiaberto para os educandos da educação de rua, preparando-os para o encaminhamento definitivo às unidades de atendimento do Projeto Axé. 4) Apoiar os educadores de rua no agrupamento dos educandos para o desenvolvimento das atividades e fortalecimento do vínculo.

Solução Adotada

O Axébusu estaciona em locais previamente autorizados pela Engenharia de Tráfego da Prefeitura Municipal de Salvador, como: Pelourinho, Barra, Itapuã, Comércio, Piedade, Pituba, Rodoviária, em dois turnos. Ao estacionar nesses locais, os educadores organizam os espaço e saem à procura dos meninos e meninas, anunciando a chegada do Axébusu. A metodologia utilizada é de abordagem de rua: paquera, namoro e aconchego pedagógico, etapas de criação de vínculo com o educando, possibilitando espaço para o diálogo necessário para realização de atividades no Axébusu. Os meninos e meninas que não possuem vínculo com o educador, entram no Axébusu por curiosidade, cabendo ao educador acolher e estimular sua participação no planejamento do dia. A entrada e saída dos meninos e meninas do Axébusu é livre, sendo aberto não somente para crianças e adolescente, mas para qualquer cidadão que queira utilizá-lo. Neste sentido, o Axébuzu se constitui num instrumento pedagógico, artístico e cultural, apoiando a ação dos educadores de rua nas diversas áreas da cidade no atendimento a crianças e adolescentes em situação de exclusão e risco social.

Resultado Alcançado

Maior êxito no encaminhamento para as unidades arteducativas do Projeto Axé. Estímulo ao letramento e ingresso na escola formal. Acessibilidade a cultura e arte.

Locais onde a Tecnologia Social já foi implementada
Cidade/UFBairroData da implementação
Salvador / BahiaBarra, Comércio, Pelourinho, Piedade, Calçada, Itapuã e bairros da periferia12/1988
Público-alvo da tecnologia
Público alvo
Adolescentes
Crianças
Quantidade: 0
Profissionais necessários para implementação da tecnologia
ProfissionalQuantidade
gerente da educação de rua1
motorista1
educadores por área2
educadores da unidade de atendimento2
Recursos materiais necessários para implementação da tecnologia

Livros de literatura infantil, revistas, jornais, aparelho de TV e Vídeo, 1 microsystem, caixa de som, microfones, CDs de música, vídeos educativos, jogos educativos, papel ofício, cartolinas, papel metro, lápis de cor, hidrocor, tintas guache, lápis, borracha, lapiseira, cola, réguas, grampeador, durex, fita crepe, clips, material de limpeza, porta-água, copo descartável, tesoura, álcool, mesa e cadeiras plásticas, prateleiras, maquiagem, figurinos diversos, gerador de energia, combustível para funcionamento do Axébusu e ônibus adaptado.

Valor estimado para a implementação da tecnologia

R$ 250.000,00, sendo que o investimento tem vida útil de 10 anos.

Forma de Acompanhamento

A Gerência de Educação de Rua acompanha as atividades através do planejamento prévio, relatórios, lista de presença dos educandos, reunião mensal de análise da prática, com os educadores, para avaliação e elaboração de novas metas.

Forma de Transferência

Esta tecnologia pode ser aplicada em qualquer localidade como comunidades, outras cidades e estados, principalmente para atender: estudantes de escola pública, meninos em situação de rua, crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil etc. A metodologia de abordagem já citada pode ser socializada e disseminada através de cursos de formação, já formatados para educadores de rua, realizados pela própria instituição.