Banco do Estudante Bartselana (Banco del Estudiante Bartselana - PERÚ)

certificada 2017

Instituição
Cooperativa del Estudiante Bartselana (PERU)
Endereço
Calle Melgar No. 210-A Arequipa PERU - Arequipa - Brasília/DF
E-mail
hquisocala@gmail.com
Telefone
(61) 3108-7000
Responsáveis pela tecnologia
NomeTelefoneE-mailRedes Sociais
Rosa Celia Nina Cayllahua(61) 3108-7300bancodelestudiante@gmail.com
Resumo da Tecnologia

Educação e Inclusão Financeira com responsabilidade social e ambiental, onde estamos formando crianças, jovens e mulheres em "financeiramente alfabetizados", "cidadãos ambientais" e promovendo "cultura do poupar" como uma ferramenta essencial para superar problemas como: pobreza, reduzir a fome, diminuir evasão escolar, gerar emprego, empoderamento das mulheres no planejamento econômico familiar. Este grupo aprende de maneira prática e experimental o sistema financeiro, fazendo do "resíduo sólido" a principal moeda para as operações financeiras do primeiro banco verde sob o modelo cooperativo voltado para este público que educa em finanças seus futuros clientes gratuitamente.*{ods4},{ods13}*

Tema Principal

Educação

Tema Secundário

Meio ambiente

Problema Solucionado

-Criamos tecnologia social, a fim de combater a pobreza através da cultura de poupar para que crianças e jovens nunca deixem de comer e de estudar por falta de materiais úteis e educativos por péssimas condições econômicas. -Incluir no sistema financeiro o que hoje estão fora dele. Nós fazemos do “Resíduo sólido" o dinheiro principal para todas as nossas operações financeiras. -Capacitar nossos clientes em finanças e empreendedorismo para gerar emprego direto e indiretamente a partir da nossa tecnologia social.

Objetivo Geral

Melhorar as condições sociais, econômicas e ambientais de crianças, jovens e mulheres.

Objetivo Específico

- Ensinar Educação Financeira e Empreendedorismo; - Formar cidadãos ambientais; - Empoderar as mulheres na gestão dos negócios; - Desenvolver cursos de desenvolvimento profissional para os jovens; - Reduzir a fome e a evasão escolar; - Promover o ato de poupar.

Descrição

A idéia foi concebida por Jose Adolfo Quisocala Condori, em 2012 quando tinha 7 anos de idade, quando desempenhava o cargo de "prefeito Escolar", e em seu esforço para melhorar as condições sociais e econômicas dos alunos na escola "Luis H . Bournocle". A principal motivação da tecnologia social foi a observação de José em relação às crianças da escola "Luis H. Bouroncle" que chegavam na escola sem café da manhã e sem material escolar, o que originava o atraso na aprendizagem e terminava, em alguns casos, com o abadono escolar. Neste esforço, Jose Adolfo encontrou a oportunidade para converter "resíduo sólido" em dinheiro, observando que os recipientes da escola se encontravam cheios de papel e garrafas PET, e que estas terminavam no lixo. Hoje as crianças da cidade de Arequipa, fornecer os Resíduos Sólidos e estes são convertidos em “sóis”, que são creditados na conta poupança para crianças que já receberam o curso Educação Financeira, Gestão Ambiental e Empreendedorismo de graça. Nossa tecnologia foi lançada com apenas US$15, atendendo apenas 20 alunos, hoje já superam mais de 2.000 clientes, e nossa meta é chegar a 20 mil, entre crianças, jovens e mulheres. Nossos clientes recebem previamente os cursos de educação financeira, gestão ambiental e Empreendedorismo. Em seguida, abrem sua conta poupança com uma contribuição inicial de 6 quilos mais S/. 1,00 (um sol), que equivale a 0,30 centavos de dólar. Após a abertura de conta da criança ou jovem, que também permite que eles alcançem o status de sócio da tecnologia, por esta tecnologia segue um modelo de cooperativa. Neste processo, os pais permitem que a criança a gerenciar sua conta poupança, com a prévia do Plano de Poupança.

Resultado Alcançado

Jose Adolfo Quisocala Condori com menos de 7 anos de idade, prefeito de sua escola, fundo o primeiro Banco Cooperativo Ecológico para crianças e jovens. Banco onde a moeda principal para todas as operações financeiras é o residuo sólido do lixo da escola. Um banco que busca solucionar os problemas sociais da comunidade escolar, com fome e evasão, por meio da cultura do poupar, mediante uma previa, prática e vivencial educação financeira, apresentando um verdadeiro programa sustentável de inclusão financeira. Jose Adolfo, aos 9 anos de idade, em 2013, foi finalista do Prêmio Internacional de Educação e Inclusão Financeira para crianças e jovens em Istambul (Turquia), e desde essa conquista ganhou 5 prêmios internacionais e 6 prêmios nacionais. Jose Adolfo, hoje é considerado o mais jovem gerente de banco do mundo, e tem mostrado que pequenas ações podem fazer uma grande diferença não importa o tamanho ou a idade, sendo nomeado para o Prémio Internacional da Paz para as crianças e jovens 2016 e 2017.

Locais onde a Tecnologia Social já foi implementada
Cidade/UFBairroData da implementação
Brasília / Distrito Federal11/2017
Público-alvo da tecnologia
Público alvo
Adolescentes
Crianças
Jovens
Recursos materiais necessários para implementação da tecnologia

Para implementar a Tecnololgia Social do Banco do Estudante nas principais cidades do Peru, exigimos, basicamente, o nosso próprio cartão de débito, além de sistemas de gestão que permitem gerenciar on-line as contas dos clientes. Também melhorar a nossa plataforma de educação onde todas as crianças e jovens do Peru e os países de língua espanhola possam acessar gratuitamente.

Valor estimado para a implementação da tecnologia

US$ 50.000 (cinquenta mil dólares)

Instituições parceiras na tecnologia
Instituição parceiraAtuação na tecnologia social
Municipalidad Provincial de ArequipaLocais para as capacitações
Universidad de ThunderBird de los Estados Unidosuma sala móvil com 15 Laptops
Cuerpo de Paz de los Estados UnidosPlanejamento e organização
Hotel LibertadorDoadora de resíduos sólidos
Papelera PanamericanaCapacita no manejo e adquire os resíduos sólidos
Tiyakusi sacAssistencia técnica
Anexos da tecnologia
LegendaArquivo/Download
Inscripción al Premio FBB de TS 2017Baixar
Locais de implementaçãoBaixar
Endereços eletrônicos associados à tecnologia