Bolsa de Recicláveis: Portal Eletrônico de Compra, Troca e Venda de Resíduos

certificada 2011

Instituição
Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais
Endereço
Av. Assis Brasil, 8787 - Sarandi - Porto Alegre/RS
E-mail
luiz.reboucas@senairs.org.br
Telefone
(51) 3347-8805
Responsáveis pela tecnologia
NomeTelefoneE-mailRedes Sociais
Luiz Rebouças dos Santos(51) 3026-8020bancossociais@bancossociais.org.br
Resumo da Tecnologia

A Bolsa de Recicláveis é um portal eletrônico de compra, troca e venda de resíduos. Com isso, estamos oferecendo ao meio empresarial do sul brasileiro um ambiente de negócios de resíduos industriais que é também um referencial de conteúdo sobre meio ambiente e assuntos correlatos.*{ods8},{ods12},{ods13}*

Tema Principal

Meio ambiente

Tema Secundário

Renda

Problema Solucionado

Hoje a questão ambiental é uma determinante não só sob o aspecto social, mas também do ponto de vista econômico e estratégico das empresas, pois há a responsabilidade sobre os resíduos gerados e os dispêndios envolvidos no trato adequado e legal dos mesmos. Como, dentro do papel institucional do Banco de Resíduos, contribuir para resolver essa questão com as empresas e, ao mesmo tempo, fomentar a atividade econômica/produção? O porte e a diversidade do parque industrial do Rio Grande do Sul apontam para a viabilidade da criação de um sistema de negócios de resíduos industriais, onde a troca de informações sobre a oferta e demanda por estes resíduos possa criar um novo fluxo de negócios, gerando resultados altamente positivos para as empresas envolvidas e para a sociedade em geral. Existem a necessidade por parte do setor industrial, a abundância de matéria-prima disponível e a demanda potencial por uma solução deste tipo. Portanto, estão reunidos todos os elementos necessários para transformar tal potencial em uma iniciativa de sucesso.

Objetivo Geral

Transformar desperdício em riqueza através da criação de um portal eletrônico de compra, troca e venda de resíduos, buscando fortalecer e criar novas oportunidades para o setor de reciclagem. Não somente no Rio Grande do Sul, mas em todo o país.

Objetivo Específico

- Proteger o meio-ambiente; - Conectar empresas; - Gerar novos negócios; - Gerar empregos e renda.

Solução Adotada

Propomos a criação de um ambiente de negócios de resíduos industriais que seja também um referencial de conteúdo sobre meio ambiente e assuntos correlatos. Para tal, este ambiente é formado por: - Um portal na internet (com espaço para informação e negócios); - Um sistema de administração/gestão do negócio, instalado nos computadores da equipe responsável do Banco de Resíduos; - Um subsistema de segurança e controle de acesso; - Sistemas complementares de aquisição, armazenamento e análise de mídia para incrementar a visitação ao portal e para fornecer um diferencial estratégico para as empresas participantes do projeto. Na internet, as empresas podem procurar e oferecer todo tipo de matéria prima/resíduos industriais. Além disso, a existência de artigos técnicos, boletins informativos e outras informações faz com que o ambiente seja uma referência para a questão do tratamento adequado de resíduos. Através do sistema de administração, o Banco de Resíduos tem total controle sobre os passos e os participantes do processo de negócios de resíduos. A Bolsa de Recicláveis industriais é um ambiente de negócios. Como tal, todas as informações e funções disponíveis são orientadas para propiciar e facilitar a realização de negócios e contatos entre as empresas participantes, sob a gestão do Banco de Resíduos. O Banco de Resíduos não tem ingerência sobre a condução da negociação, valores transacionados, origem ou destino dos materiais ofertados. Trata-se apenas de um ambiente de aproximação entre as partes, sob os auspícios institucionais da Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais – Sistema da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS), garantindo a idoneidade das empresas participantes.

Resultado Alcançado

Quantitativamente: - Empresas Cadastradas: 10.058; - Anúncios Disponíveis: 155; - Média de acessos mensais: 1.700. Qualitativamente, temos realizado workshops sob o título “Fale com a Bolsa”, em que procuramos fazer com que empresários se interessem em participar do Portal. Mais recentemente, passamos também a realizar encontros do projeto Simbiosys, patrocinado pela Confederação Nacional da Indústria, para melhorar a sinergia de aproximação das empresas ofertantes e demandantes de matérias-primas recicláveis.

Locais onde a Tecnologia Social já foi implementada
Cidade/UFBairroData da implementação
Porto Alegre / Rio Grande do SulSarandi05/2007
Público-alvo da tecnologia
Público alvo
Empreendedores
Quantidade: 10.058
Profissionais necessários para implementação da tecnologia
ProfissionalQuantidade
Engenheiro Químico2
Profissional de Nível Superior para gestão.2
Estagiários2
Recursos materiais necessários para implementação da tecnologia

Basicamente, faz-se necessários computadores de bom porte para rodar o programa. O custo operacional do portal é suportado pelas entidades de sua gestão. Para instalação da Bolsa de Recicláveis, tivemos necessidade de instituidores, cujas logomarcas estão na página principal. Há também entidades mantenedoras, que patrocinam o portal mediante troca via exposição de suas logomarcas na página principal.

Valor estimado para a implementação da tecnologia

Custos: - Licenças e manutenção: R$ 48.000,00/ano; - Custos com pessoal: R$ 125.320,00/ano; - Sub total: R$ 173.320,00/ano. Investimentos (coberto pelos Instituidores): - Desenvolvimento e instalação: R$ 10.800,00; - Computadores: R$ 6.000,00; - Sub total: R$ 16.800,00. Total das Despesas: R$ 190.120,00

Instituições parceiras na tecnologia
Instituição parceiraAtuação na tecnologia social
Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial / Centro Nacional de Tecnologias LimpasApoio.
Impacto Ambiental

Seguindo as mais modernas tendências mundiais, o Banco de Resíduos, através do projeto Bolsa de Recicláveis, se propõe a identificar e apoiar processos de gestão ambiental, que permitam a redução, o reuso e a reciclagem dos resíduos industriais gerados por empresas gaúchas dentro de uma visão socioeconômica. Seus principais objetivos estão na identificação e disponibilização de informações sobre os resíduos industriais passíveis de transformação.

Forma de Acompanhamento

A Bolsa de Recicláveis reconhece o direito de confidencialidade, na forma e nas condições propostas aos seus usuários, e se empenha para que nenhuma informação prestada por um usuário possa ser utilizada por terceiros - na internet ou em qualquer outro âmbito - sem a competente autorização. Ou indevidamente, para outros propósitos, ou diferentemente à forma e condição regulamentada.

Forma de Transferência

O Sistema de Bolsas de Resíduos ou Bolsa de Recicláveis está sendo disseminado no Brasil através da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Endereços eletrônicos associados à tecnologia