Calha Alternativa

certificada 2011

Instituição
Escola Ministro Jarbas Passarinho
Endereço
Rua dos Jasmins, 20 - Centro/Camaragibe - Camaragibe/PE
E-mail
qualidadenossameta@hotmail.com
Telefone
(81) 3458-3023
Responsáveis pela tecnologia
NomeTelefoneE-mailRedes Sociais
Gabriel Cezar Carneiro dos Santos(81) 3458-4243gabrielc321@hotmail.com
Raquel Suiene da Fonseca(81) 8783-2224raquelsuiene@hotmail.com
Rosenilda de Souza Vilar(81) 9938-6077rosenildavilar@hotmail.com
Resumo da Tecnologia

A tecnologia, desenvolvida a partir de garrafas de plástico Pet, busca redirecionar a água (que antes era jogada na crista da barreira) para uma canaleta, contribuindo para a diminuição das quedas de encostas. A tecnologia tem um baixo custo: cerca de R$ 10,00.*{ods11},{ods12},{ods13}*

Tema Principal

Habitação

Tema Secundário

Meio ambiente

Problema Solucionado

Camaragibe, município de Pernambuco, possui uma grande concentração de encostas. Essa condição se tornou um problema, já que mais áreas de alto risco vêm sido habitadas. Isso deve muito ao fato de a população residente nesta área não possuir condições financeiras para comprar uma calha industrial. O não uso de calhas acaba comprometendo a barreira, podendo ocorrer uma movimentação que agrave o risco da encosta ou que interfira na vida dos habitantes daquela área.

Objetivo Geral

Desenvolver calhas alternativas, ecologicamente corretas e mais baratas do que uma calha industrial ou uma calha de cano PVC (policloreto de polivinila), para reduzir o deslizamento de encosta em áreas de risco.

Objetivo Específico

-Instruir a população de bairros vulneráveis de como construir uma calha alternativa; -Utilizar a água da chuva reduzindo o consumo de água; -Diminuir a quantidade de resíduos de garrafas PET jogado nas encostas.

Solução Adotada

Para a construção da calha alternativa é necessário que se sigam algumas regras: -Só poderá ser feita a calha com garrafas pet de dois litros de superfície lisa, pois ficará mais fácil para que a água da chuva corra; -O rebite utilizado só poderá ser feito com a referência 510, pois ele se adequa melhor ao furo do perfurador de papel unitário; -Cortar as garrafas de modo que elas fiquem cada uma com 16 centímetros. Outras garrafas PET podem ser utilizadas para fazer a queda livre, pois a água que desce da telha pode ser direcionada a um reservatório ou a uma canaleta; -Medir o tamanho do telhado e dividir por 16 centímetros, para saber quantas garrafas são necessárias. Depois, multiplicar por três, para saber a quantidade exata de rebite. -Sempre colocar duas garrafas a mais do que o correto e sempre comprar 10 rebites a mais, pois ser que alguns venham com defeito. A cada três metros de Calha, são utilizados 18 garrafas e 60 rebites. O procedimento de montagem é simples. Em primeiro lugar é importante definir os canos de decida da água e a altura. Depois, emende os canos com cola de isopor ou de contato e corte mais garrafas do tamanho do comprimento de sua casa, repetindo o processo de acordo com seu projeto. O passo seguinte é usar uma faca ou tesoura para fazer um retângulo de aproximadamente dez centímetros para entrada de água da chuva. Para fixar as garrafas, você pode comprar os encaixes e parafusar, ou utilizar arames, fazendo com que as garrafas fiquem presas no teto. É importante não esquecer de fazer dois canos para a saída de água, um em cada ponta da calha. Para unir o cano e a calha, faça um círculo na última garrafa da estrutura e cole. A partir da criação e implantação de calhas alternativas, cujo custo é dez vezes menor do que uma calha industrial, poderá haver uma grande diminuição de movimentação de massas rápidas, pois a calha redirecionará a água da chuva para uma canaleta de despejo ou a um reservatório de água, podendo esta ser reaproveitada.

Resultado Alcançado

A partir da aplicação do questionário na escola, foi comprovado que a maioria dos alunos não estão informados sobre o assunto. Depois da visita in loco, foi constatado várias áreas com grande índice de queda de barreira e que também existe várias habitações ocupando essas áreas de risco. Foram distribuídas várias cartilhas na comunidade para que haja uma conscientização mútua da própria população residente naquela área e pode-se verificar que depois de 6 meses de visitas à comunidade, a partir da aplicação de outro questionário, cerca de 69% da população estavam conscientes do assunto. Pode-se verificar também que, a partir da construção e instalação da calha, houve uma diminuição de deslizamento de encostas. No ano de 2009, nove casos de queda de barreira em Camaragibe/PE foram registrados, com um caso de óbito. Já no ano de 2010, com a instalação das calhas alternativas, houve apenas um caso de deslizamento de terra no mesmo bairro sem casos de óbito. Esse resultado vem também do direcionamento da água da chuva, pois algumas pessoas residentes nesse bairro ou guardavam a água da chuva num reservatório para a utilização de fins não potáveis ou direcionavam a calha para uma canaleta existente na encosta para que não caia na barreira voltando ao mesmo problema anterior.

Locais onde a Tecnologia Social já foi implementada
Cidade/UFBairroData da implementação
Camaragibe / PernambucoCentro06/2009
Camaragibe / PernambucoBairro dos Estados04/2010
Público-alvo da tecnologia
Público alvo
População em geral
Quantidade: 50.000
Profissionais necessários para implementação da tecnologia
ProfissionalQuantidade
Qualquer individuo com mais de 14 anos.2
Recursos materiais necessários para implementação da tecnologia

A calha foi construída com os seguintes materiais: 1 – Garrafas PET de dois Litros; 2 – Faca de Serra; 3 – Tesoura; 4 – Rebite nº 510; 5 – Perfurador de papel unitário; 6 – Maquina rebitadeira manual; 7 – Fita de empacotamento. Para a construção da calha é necessário que você siga algumas regras: Só poderá ser feito a calha com garrafas pet de dois litros de superfície lisa, como por exemplo a de Fanta e de Kuat, pois ficará mais fácil para que a água da chuva corra. O rebite utilizado só poderá ser feito com a referencia 510 pois ele se adéqua mais ao furo do perfurador de papel unitário. Cortar as garrafas de modo que elas fiquem cada uma com 16 centímetros. As garrafas de Coca-Cola podem serem utilizadas para fazer a queda livre pois a água que desce da telha pode ser direcionada a um reservatório ou a uma canaleta. Medir o tamanho do telhado e dividir por 16 Centímetro para saber quantas garrafas irão ser precisadas e depois multiplicar por três para saberá quantidade de exata de rebite. Sempre colocar duas garrafas a mais do que o correto e sempre comprar 10 rebites a mais pois possa ser que alguns venham com defeito. A cada três metros de Calha são utilizados 18 garrafas e 60 rebites.

Valor estimado para a implementação da tecnologia

O valor aproximado de cada três metros de calha alternativa é de R$ 10,00.

Impacto Ambiental

O uso de calhas alternativas minimizará as movimentações de massas rápidas em encostas, diminuirá a quantidade de resíduos de garrafas PET jogado nas encostas e nos lixões, contribuindo para um aumento da vida útil dos lixões, e utilizará a água da chuva para consumo da família.

Forma de Acompanhamento

O monitoramento da tecnologia se dará com as famílias beneficiárias da tecnologia. Elas relatarão se a tecnologia está sendo adequada às necessidades delas e se é necessário ou se foi feito algum ajuste. Outra forma de monitorar a tecnologia é verificar o número de deslizamentos de encostas. A diminuição dos deslizamentos em áreas em que as famílias utilizam calhas é um indicador do possível impacto das calhas e do reservatório de água.

Forma de Transferência

A disseminação da tecnologia ocorrerá a partir da interação com a comunidade no processo de reaplicação de soluções alternativas. A reaplicação da tecnologia será possível a partir da cartilha desenvolvida e apresentada em anexo. Nesse manual são apresentados os materiais necessários e também fornecido o passo a passo para o corte e montagem do produto final.

Anexos da tecnologia
LegendaArquivo/Download
Relatório contendo todas as informações sobre o projetoBaixar
Cartilha Mostrando como construir a Calha AlternativaBaixar
Encosta Localizada em Bairro dos Estados - Camaragibe-PEBaixar
Oficinas Realizadas na Escola Ministro Jarbas Passarinho para construção da CalhaBaixar
Implantação da Calha Alternativa em uma residencia no Bairro dos Estados Camaragibe-PEBaixar
Reunião do NPSA - Nucleo de Projetos da Sustentabilidade AmientalBaixar
Palestra no SENAC-PEBaixar
Endereços eletrônicos associados à tecnologia