Centro de Referência de Tecnologia Social - CRTS

certificada 2011

Instituição
Prefeitura Municipal de Anápolis
Endereço
Rua Roberto Mange, nº 152, 3º andar - Vila Santana - Anápolis/GO
E-mail
inovacao@anapolis.go.gov.br
Telefone
(62) 3902-1012
Responsáveis pela tecnologia
NomeTelefoneE-mailRedes Sociais
Álvaro Gonçalo Rodrigues(62) 3902-1240alvaro.rodrigues@anapolis.go.gov.br
Fabrízio de Almeida Ribeiro(62) 3902-1012fabrizioribeiro@anapolis.go.gov.brwww.fabrizioribeiro.blogspot.com www.cienciatecnologiaeinovacao.wodpress.com
Resumo da Tecnologia

O Centro de Referência de Tecnologia Social - CRTS é uma unidade de inovação e difusão de tecnologia social alternativa de trabalho, renda e melhoria da qualidade de vida para a agricultura familiar e comunidade de baixa renda.*{ods1},{ods8},{ods10},{ods12},{ods13},{ods15}*

Tema Principal

Meio ambiente

Tema Secundário

Renda

Problema Solucionado

A produção agrícola do município de Anápolis evoluiu da agricultura de subsistência para a comercial e hoje possui em média 5700 pessoas divididas em 1200 propriedades rurais que estão sendo beneficiadas diretamente e indiretamente com o CRTS. A implantação do projeto visa solucionar os problemas de saneamento básico, erosões,assoreamento do solo, uso dos recursos hidrícos e melhorar a renda do agricultor familiar, baseado nos três pilares da Agroecologia: Socialmente justo, economicamente viávél e ecologicamente sustentável.

Objetivo Geral

Criar um centro de referência em T S capaz de dispor métodos, técnicas e processos capazes de viabilizar econômica e ambientalmente propriedades rurais para que possam aumentar sua produção e atender o mercado interno principalmente com produtos orgânicos.

Objetivo Específico

Implantar Unidades Demonstrativas de Tecnologias Sociais de baixo custo; Popularizar e divulgar Tecnologias Sociais viáveis para o desenvolvimento sustentável local; Viabilizar unidades demonstrativas de Tecnologias Sociais que visem à sustentabilidade de pequenos empreendimentos e o aumento de produção e renda de pequenos produtores da agricultura familiar Incentivar a produção de alimentos orgânicos; Capacitar e assessorar agricultores interessados em implementar tecnologias sociais que possibilitem agregar valor em seus produtos.

Solução Adotada

Estão implantadas as seguintes tecnologias sociais: Barraginha, Biofertilizante líquido, compostagem, PAIS, pasteurizador industrial de suco de baixo custo, pasteurizador e ensacador de leite de baixo custo, estufa de baixo custo para produção de tomate e morango orgânicos e uma máquina de fabricar tijolos ecológicos. Já foram realizadas reuniões nos 4 distritos de Anápolis (Interlândia, Souzânia, Joanápolis, Goialândia) para apresentar o projeto e ouvir as necessidades dos agricultores da região. Cursos de agricultura orgânica incluindo a tecnologia PAIS, compostagem e biofertilizante líquido já foram realizadas no local. Todas as terças e quintas feiras no período de 13h as 16h oficinas de Tijolos Ecológicos são realizadas com jovens de 13 a 17 anos em recuperação do vício das drogas. Quatro oficinas de Processador de Frutas foram realizadas nos distritos.

Resultado Alcançado

O Centro de Referência de Tecnologia Social apartir de agosto de 2011 receberá via agendamento visitas de escolas públicas e particulares do ensino fundamental ao ensino médio e faculdades a fim de divulgar e popularizar as tecnologias sociais implantadas. No local acontece periodicamente cursos de agricultura orgânica para produtores da agricultura familiar e demais interessados e inclusive uma associação de orgânicos foi criada após a implantação do projeto e já possui 30 membros. Com o intuito de descentralizar as ações do CRTS, regularmente palestras e oficinas são oferecidas nos distritos de Interlândia, Goialândia, Souzânia e Joanápolis. Em 2010uma unidade do Kit PAIS foi implantada na Escola Municipal Inácio Sardinha no Distrito de Interlândia e desde então produz alimentos que são utilizados na merenda escolar dos alunos. Outro resultado de grande relevância é a parceria com a Fundação Banco do Brasil que irá disponibilizar para o município de Anápolis 70 unidades do kit PAIS.

Locais onde a Tecnologia Social já foi implementada
Cidade/UFBairroData da implementação
Anápolis / GoiásSetor Rural11/2010
Público-alvo da tecnologia
Público alvo
Agricultores Familiares
Alunos do ensino fundamental
Alunos do ensino superior
Assentados rurais
Produtores rurais - Pequenos
Alunos do ensino médio
Quantidade: 1.200
Profissionais necessários para implementação da tecnologia
ProfissionalQuantidade
Engenheiro Agricola1
engenheiro agronomo1
coordenador geral1
tecnico administrativo1
assistente tecnico (estagiarios)2
Recursos materiais necessários para implementação da tecnologia

Material para escritório (1 notebook, 1 câmara digital, materiais de consumo), material de limpeza, mobiliário e equipamentos elétricos e de informática para um pequeno escritório, materiais de divulgação (cartilhas sobre o uso, montagem e manutenção das tecnologias sociais) e estrutura física que comporte as TS e as próprias unidades de tecnologia social.

Valor estimado para a implementação da tecnologia

Cada TS presente no CRTS, possui um valor diferente que varia em R$500,00 a R$2.000,00. Fatores como disponibilidade de recursos naturais e humanos podem alterar o valor final da tecnologia a ser replicada. Para a prefeitura que oferece oficinas, palestras, cursos, consultorias e a montagem das mesmas o valor financeiro é de R$65.000,00 e o valor economico médio é de R$110.400,00.

Instituições parceiras na tecnologia
Instituição parceiraAtuação na tecnologia social
Secretaria Municipal de Meio Ambiente e AgriculturaDesenvolvimento e implantacao
Banco do BrasilAssessoria
Sindicato dos Trabalhadores RuraisAssessoria técnica
Impacto Ambiental

Os impactos ambientais existentes nessa tecnologia são positivos, pois várias tecnologias servem como proteção do solo contra assoreamentos e erosões. Outras tecnologias estão relacionadas com a produção de alimentos orgânicos, dessa forma não contaminam o solo. No entanto todas as tecnologias envolvidas são ambientalmente corretas e economicamente viáveis.

Forma de Acompanhamento

As tecnologias implantadas recebem acompanhamento diário no local através dos funcionários capacitados para administrá-las e mantê-las em funcionamento. As unidades do Kit PAIS quando forem implantadas nas propriedades selecionadas terão suas atividades monitoradas e receberão assistência técnica sempre que necessário.

Forma de Transferência

O Centro de Referência de Tecnologia Social está aberto para todos aqueles que desejam conhecer as tecnologias sociais implantadas. Pessoas que se interessarem em replicá-las receberão total apoio da prefeitura de Anápolis e dos parceiros a fim de conquistarem total exito na implantação e manutenção da atividade.

Anexos da tecnologia
LegendaArquivo/Download
parte interna do folderBaixar
Parte externa do folderBaixar
Implantação do CRTSBaixar
AutoclaveBaixar
Endereços eletrônicos associados à tecnologia