Ciclo de Orientação a Familiares e Cuidadores de Idosos

certificada 2007

Instituição
Grupo Vida - Brasil
Endereço
Av. 26 de Março, 1385 - Jardim Belval - Barueri/SP
E-mail
grupovida@grupovidabrasil.org.br
Telefone
(11) 4191-3833
Responsáveis pela tecnologia
NomeTelefoneE-mailRedes Sociais
Neuma D’Ávila Pinto Nogueira(11) 4198-3047grupovida@grupovidabrasil.org.br
Resumo da Tecnologia

Ciclo de palestras e encontros com o objetivo de instrumentalizar familiares e cuidadores de idosos a prestar-lhes assistência e cuidados, especialmente na realização das Atividades de Vida Diária, melhorando a qualidade de vida do idoso, de seu cuidador e da família como um todo.*{ods3}*

Tema Principal

Saúde

Problema Solucionado

É cada vez maior o número de idosos que necessitam de auxílio para realização das atividades cotidianas. Segundo o IPEA, dos cerca de 16 mi brasileiros com 60 anos ou mais, cerca de 13% têm dificuldade em executar pelo menos uma atividade diária. Em 20 anos, eles serão o dobro. Neste panorama, um membro da família passa a ser o cuidador informal do idoso sem estar preparado para isso. Em outros casos, a família busca apoio profissional de um cuidador, que na maioria das vezes não possui formação. Esta demanda foi identificada pelo Grupo Vida – Brasil junto aos familiares de idosos dependentes que procuravam – e cada vez mais procuram – a entidade em busca de vaga para o idoso no Grupo Vida Residência, unidade residencial da organização. Observando as solicitações, foi possível constatar que muitos dos familiares desconhecem as alterações físicas ocasionadas pelo envelhecimento, principais patologias, alimentação adequada, entre outros aspectos. Os familiares buscam a institucionalização do idoso por falta de apoio, conhecimento e despreparo emocional para lidar com a dependência deste. A fim de atender esta necessidade, o Grupo Vida – Brasil desenvolveu o Ciclo.

Objetivo Geral

Promover a autonomia, a inclusão social e a melhoria da qualidade de vida dos idosos dependentes para as atividades de vida diária, de seu cuidador e da família como um todo.

Objetivo Específico

Prevenir o abrigamento e a segregação dos idosos e seus cuidadores, assegurando o direito à convivência familiar e comunitária; Promover o apoio às famílias na tarefa de cuidar, diminuindo a sua sobrecarga de trabalho e utilizando meios de comunicar e cuidar que visem a autonomia dos envolvidos, e não somente cuidados de manutenção; Prevenir situações de sobrecarga e desgaste sofridas pelos cuidadores; Orientar sobre os diversos aspectos envolvidos no cuidado cotidiano; Esclarecer as dúvidas quanto às principais dificuldades vivenciadas no dia a dia; Criar um espaço de troca de experiências sobre os impactos causados na dinâmica familiar com o advento da dependência do idoso; Subsidiar o cuidador com informações que o habilite a interagir no tratamento, juntamente com os profissionais que acompanham o idoso e a família. Permitir a troca de experiências entre os profissionais que já atuam como cuidadores e/ou que desejam atuar.

Solução Adotada

O Ciclo de Orientação a Familiares e Cuidadores de Idosos Dependentes destina-se aos familiares de idosos, que podem ou não ser seus cuidadores, aos cuidadores de idosos que já atuam na área, aos profissionais de áreas distintas que desejam se tornar cuidadores, e à população em geral que deseja se informar sobre a questão do envelhecimento. O projeto conta com 2 edições por ano, uma em cada semestre, e caracteriza-se por ser um ciclo de encontros e palestras ministrados por profissionais de diversas áreas relacionadas principalmente à questão do envelhecimento com dependência para as Atividades de Vida Diária, como Assistência Social, Terapia Ocupacional, Nutrição, Enfermagem, Odontologia, Geriatria, Fonoaudiologia, Psicologia e Fisioterapia. Os encontros acontecem de 2ª a 6ª feira, das 8h às 12h, com intervalo para lanche/café, durante 2 semanas consecutivas. Os temas das palestras são os seguintes: O idoso, a família e o cuidador envelhecimento com dependência; Aspectos psicológicos envolvidos nos cuidados a idosos; Adaptação dos ambientes da residência; Finitude, cognição e comunicação; Desordens da deglutição; Quem é o cuidador? O que se espera dele? O que ele espera da sociedade? Cuidados em uma ILPI (Instituição de Longa Permanência para Idosos); Alimentação saudável no envelhecimento; Saúde bucal; Auxílio nas Atividades de Vida Diária; Mobilização e transferências; A importância da sexualidade na qualidade de vida do idoso; Necessidade de preservar a autoestima; Violência; Aspectos legais envolvidos no cuidado a idosos; Demência; Humanização do cuidado, valorização da vida. As palestras são teóricas e algumas possuem parte prática. São realizadas 2 palestras por manhã (com 2 horas de duração cada), com exceção da palestra sobre “Auxílio nas Atividades de Vida Diária”, que ocorre das 8h às 12h, devido ao grande volume de conteúdo a ser apresentado e às trocas decorrentes das intervenções dos participantes. Os encontros são iniciados com dinâmicas para entrosamento do grupo. Para melhor compreensão do conteúdo trabalhado, há utilização de recursos pedagógicos, tais como: filmes, músicas e dramatização. Há interação do palestrante com os participantes para o esclarecimento de dúvidas. Todos os participantes recebem uma apostila com o material das palestras, e aos participantes com frequência mínima de 75% é entregue um certificado de participação. Ao final de cada Ciclo, as pessoas que já atuam como cuidadores profissionais ou que desejam iniciar esta atividade são incentivadas a deixar seus currículos em um banco de currículos de cuidadores mantido pelo Grupo Vida – Brasil. Este banco é acessado pela Assistente Social da entidade, sempre que esta possibilidade de cuidado é levantada como alternativa para a resolução de questões envolvendo idosos e suas famílias. Este projeto é dinâmico e sofreu alterações de acordo com a demanda apresentada pela comunidade, como por exemplo a inserção de temas de palestra. Mas a mudança mais significativa foi o público alvo ter passado a ser também de cuidadores de idosos, e não apenas os familiares, como inicialmente previsto. Isto ocorreu devido ao grande número de cuidadores profissionais de idosos que passaram a se inscrever no Ciclo, a fim de se qualificarem para suas funções.

Resultado Alcançado

Realização de 14 edições do Ciclo; Capacitação de 335 familiares/cuidadores de idosos; Melhoria da qualidade de vida de 560 idosos e 560 famílias; 560 idosos permaneceram em seu convívio familiar; Aumento no número de participantes, de 20 por edição (em 2006), para 60 por edição (em 2010); Cuidadores/familiares mais bem preparados, informados sobre o processo de envelhecimento e sobre os cuidados diários ao idoso; Cuidadores com autoestima elevada, menos ansiosos e cientes da importância de seu trabalho; Familiares menos ansiosos e sentindo-se amparados, mais preparados para lidar com o idoso e sua condição; Idosos mais autônomos e com melhor qualidade de vida.

Locais onde a Tecnologia Social já foi implementada
Cidade/UFBairroData da implementação
Barueri / São Paulo04/2006
Público-alvo da tecnologia
Público alvo
Idosos
Profissionais necessários para implementação da tecnologia
ProfissionalQuantidade
Coordenador de projeto – Formação Superior1
Assistente Administrativo – Ensino Médio1
Palestrantes: Assistente Social, Médica Geriatra, Médica Neurogeriatra, Psicóloga, Terapeuta Ocupacional, Fonoaudióloga, Enfermeira, Coordenadora de Instituição de Longa Permanência para Idosos, Nutricionista, Dentista, Fisioterapeuta, Pedagoga, Advogada.19
Recursos materiais necessários para implementação da tecnologia

Sala com capacidade para 60 participantes (60 cadeiras) e local para o lanche que é servido no intervalo das palestras (1 mesa grande). Um computador, impressora, projetor (datashow), laptop, material de escritório, itens de alimentação (para o lanche) e apostilas a serem distribuídas aos participantes.

Valor estimado para a implementação da tecnologia

R$ 18.817,00 (por edição do Ciclo)

Instituições parceiras na tecnologia
Instituição parceiraAtuação na tecnologia social
Florense/Maxialpha -
Northgate Arinso -
BrazilFoundation -
Secretaria de Ações Sociais e Cidadania de Barueri -
Comunidade Kolping -
Agência 3x4 de publicidade -
Forma de Acompanhamento

Em todas as palestras é realizada avaliação final escrita pelos participantes, que avaliam como “fraco”, “regular”, “bom” ou “muito bom” a palestra e o palestrante, além de um espaço para sugestões e críticas. Todas estas avaliações são tabuladas e os resultados e as observações feitas pelos participantes são considerados no planejamento e realização das próximas edições do Ciclo, ou, se dizem respeito a questões imediatas, é dada devolutiva aos participantes já na mesma edição.

Forma de Transferência

O projeto conta com uma apostila, que é entregue aos participantes e condensa os conteúdos abordados nas palestras. O projeto possui grade de atividades e avaliações formatadas. Além disso, o Grupo Vida – Brasil está planejando a publicação de um manual/livro com a metodologia deste projeto e o conteúdo desta apostila.

Anexos da tecnologia
LegendaArquivo/Download
Apostila do cursoBaixar