Córrego da Serra - Educação para o meio ambiente por meio de tecnologias sociais

certificada 2011

Instituição
Associação Civil Projeto Córrego da Serra
Endereço
Rodovia GO 334 S/N - Setor Serrinha - Rubiataba/GO
E-mail
cerca2010@yahoo.com.br
Telefone
(62) 3325-2134
Responsáveis pela tecnologia
NomeTelefoneE-mailRedes Sociais
Ivanete Oliveira dos Santos Pessoa(62) 3325-2134ivaneteflores@hotmail.comCENPEC, Itau Unicef, Revista Forum.
Resumo da Tecnologia

A iniciativa envolve um pacote de experiências de tecnologias sociais com jovens e comunidade juntos na preservação de mananciais. Os estudantes desenvolvem limpeza do Córrego da Serra, reflorestamento da mata ciliar, fiscalização e controle de poluidores e contenção de erosão.*{ods4},{ods13}*

Tema Principal

Meio ambiente

Tema Secundário

Educação

Problema Solucionado

O Córrego da Serra era um manancial próximo a um colégio ao qual foi utitlizado como exemplo prático deuma aula uma aula laboratorial de ecologia para o conhecimento dos alunos referente as problemáticas contemporâneas do meio ambiente. Os principais problemas eram de poluição, mau-cheiro, erosão, ausência de mata ciliar e vegetação próxima.

Objetivo Geral

Adotando o riacho de forma participativa e autônoma, os alunos fundaram a organização Porjeto Córrego da Serra, com o objetivo de recuperar a degradada fonte de água por meio das tecnologias sociais, visando a permanência na escola, limpeza do meio ambiente e geração de renda.

Objetivo Específico

- Estimular os estudantes a tomarem atitudes concretas em defesa do meio ambiente, para a sua formação e o desenvolvimento de um espírito ambientalista; - Estruturar doze oficinas para a aplicação das tecnologias sociais, atendendo 120 adolescentes em atividades práticas que contribuirão para desenvolvimento da consciência ambiental, a reconstituição do planeta e a geração de renda; - Buscar parcerias junto a comunidade e demais instituições para a continuidade dos trabalhos.

Solução Adotada

Por meio de diversas associações com entes públicos e privados, uma série de atividades estão sendo desenvolvidas procurando incentivar novos hábitos na comunidade quanto ao descarte do lixo doméstico, a preservação da água e das florestas. As iniciativas estão apresentadas a seguir: - Inserção da educação ambiental no currículo escolar e a formação das Patrulhas do Meio Ambiente; - Aulas inovadoras e participativas ( aulas de campo, coleta seletiva do lixo, reciclagem, banco de sementes e viveiro ); - Adoção de córregos e nascentes, com a recostituição de áreas degradadas, instituição das matas ciliares; - Demarcação dos direitos do córrego, dos mananciais pesquisados e adotados; - Coleta seletiva e reciclagem; - Criação de uma escola ecológica para a aplicação das seguintes tecnologias: - Limpeza do Córrego e monitoramento das nascentes e agentes poluidores; - Coleta e plantio de sementes no viveiro; - Oficina Arte na Lata (produção de lixeiras, porta - trecos e outros); - Reciclagem Artesanal do papel; - Ateliê Menina - Moça (reforma de roupas usadas para o Bazar); - Arte de pintar em tecidos e cabaças; - Carpintaria do Vô Juvêncio (reforma de móveis antigos e produção de artesanatos); - Turismo Ecológico (passeio nas trilhas, reconhecimento de toda a área e história do projeto); - Reflorestamento (instituição das novas florestas - matinhas); - Projeto o Lixo é Show (coleta seletiva ).Apresentações nas escolas; - Projeto do Jatobá (reaproveitamento da farinha do jatobá na meenda escolar, das sementes e a urna para o artesanato ); - Tijolo ecológico (reaproveitamento da manipueira das casas de farinha do município ) para a construção de paredões decorativos visando a limpeza da natureza.

Resultado Alcançado

- Participação de oito escolas do município de Rubiataba, nas atividades ambientais propostas pela ONG Projeto Córrego da Serra durante o ano letivo; - Despolução e recuperação do Córrego da Serra e o controle dos agentes poluidores através das Patrulhas do Meio Ambiente; - Implantação da coleta seletiva em parceria com o Ministério Público, nas escolas e residências com a paticipação de 100 alunos do Ensino Médio ou 10 Patrulhas do Meio Ambiente; - 4000 mudas de árvores nativas plantadas nas matas ciliares, nascentes, grotas e novas unidades de conservação; - Reaproveitamento da farinha do jatobá, fruto abundante na região e aceitação da mesma na culinária escolar, durante os meses de setembro e outubro, bem como, o uso da urna no artesanato e as sementes, no reflorestamento; - Reaproveitamento de 2000 litros da manipueira na produção de 1000 tijolos ecológicos para a edificação de paredões decorativos na sede do projeto; - Conscientização da população em relação ao uso da rede de esgoto, implantada recentemente no município, através de 4 palestras ministradas nas escolas e associações de bairros.

Locais onde a Tecnologia Social já foi implementada
Cidade/UFBairroData da implementação
Rubiataba / GoiásSetor Serrinha / Rubiatabinha / Centro08/1999
Rubiataba / GoiásSetor Serrinha08/1999
Público-alvo da tecnologia
Público alvo
Alunos do ensino médio
Quantidade: 120
Profissionais necessários para implementação da tecnologia
ProfissionalQuantidade
Coordenador1
Professores-monitores4
Merendeira1
Vigia1
Recursos materiais necessários para implementação da tecnologia

Infraestrutura: - Espaço adequado para os alunos realizarem as atividades; Materiais concretos: - materiais recicláveis; - sementes; - luvas; - uniformes; - cola; - tesouras; - prensas; - liquidificador industrial; - refrigerador; - viveiro; - transporte.

Valor estimado para a implementação da tecnologia

R$ 4000,00 mensalmente.

Instituições parceiras na tecnologia
Instituição parceiraAtuação na tecnologia social
Ministério PúblicoEncaminhamento de recursos dos TCOs.
Alunos do ProjetoTrabalho voluntário e doação mensal de R$ 15,00
Empresas particulares do municípioSócios mantenedores ( doações msnsais).
Impacto Ambiental

- Mais água nos leitos dos córregos e rios; - As escolas envolveram mais nas questões ambientais do município; - Houve redução da quantidade de lixo seco ao separá-lo do lixo molhado.

Forma de Acompanhamento

- Reuniões mensais para avaliação do trabalho realizado; - Diários de classe para o acompanhamento dos alunos participantes; - Publicação dos resultados e prestação de contas.

Forma de Transferência

É necessário verificar as demandas da comunidade inserida na localidade para que sejam aplicados esforços e apresentar propostas e atividades como a limpeza do córrego, criação de matas ciliares e reflorestamento do entorno do córrego, realizar conscientização ambiental de alunos, pais e comunidade em geral, etc.

Depoimento Livre

Sou participante do Projeto Córrego da Serra, desde pequena ouço falar dele. O Projeto tem 12 anos e eu, 24 anos. Sou Bióloga, profissão escolhida e suscitada pelo projeto. Ele agora tem umas tais de tecnologias sociais. Gosto de participar de todas, principalmente limpar os córregos e collher sementes. É um trabalho que não obriga ninguém a participar, no entanto, falta espaço, para tanta gente que deseja fazer parte dele. Quando fazemos o que gostamos, sai bem feito; quando fazemos para as presentes e futuras gerações, fazemos melhor. Obrigado pela opotunidade. Lidiana Oliveira dos Santos Pessoa. Professora e Bióloga. Rubiataba, 19 de julho de 2011.