Córrego da Serra

vencedora 2007

Instituição
Associação Civil Projeto Córrego da Serra
Endereço
Rodovia GO 334 S/N - Setor Serrinha - Rubiataba/GO
E-mail
cerca2010@yahoo.com.br
Telefone
(62) 3325-2134
Responsáveis pela tecnologia
NomeTelefoneE-mailRedes Sociais
Ivanete Oliveira dos Santos Pessoa(62) 3325-2134ivaneteflores@hotmail.com
Resumo da Tecnologia

Jovens e Comunidade na Preservação de Mananciais. Os estudantes desenvolvem limpeza do Córrego da Serra, reflorestamento da mata ciliar, fiscalização e controle de poluidores e contenção de erosão. O resultado repercute nos alunos, tornando-os defensores da natureza e dos recursos hídricos.*{ods4},{ods6},{ods13}*

Tema Principal

Recursos Hídricos

Tema Secundário

Educação

Problema Solucionado

O projeto nasceu de uma aula de campo sobre ecologia. O córrego próximo ao colégio foi escolhido como laboratório vivo para as aulas. O cenário encontrado foi de um manancial degradado com águas poluídas e quase sem vegetação em suas margens. De forma participativa e autônoma, os próprios estudantes decidiram adotar o riacho e, com o tempo, fundaram a organização Projeto Córrego da Serra.

Objetivo Geral

Promover a inclusão social de adolescentes com realização de oficinas educativas visando educação ambiental, empreendedorismo, qualidade de vida, aumento da renda familiar, divisas para o município com o turismo rural, e cidadania para os bairros carentes próximos à sede do Projeto.

Objetivo Específico

- Criar condições para que 20 adolescentes participem da Oficina Arte na Lata e Reciclagem (2 turnos) para a produção de porta-trecos, lixeiras, pufs, com garrafas “pet”. - Dar condições para que 20 adolescentes participem da Oficina Educativa reciclagem Artesanal do Papel (2 turnos) para a produção que irá suprir as necessidades de alunos carentes nas aulas de artes das escolas do município, empresas, trabalhos artísticos e outros. - Construir o espaço físico e implantar a oficina Educativa Carpintaria do Vô Juvêncio para o atendimento de 20 adolescentes e jovens dependentes químicos em recuperação, com o aproveitamento dos restos de madeira e serragem para a produção de artesanato. - Criar condições para que 30 adolescentes sejam guias turísticos na sede do Projeto Córrego da Serra para o atendimento aos visitantes (alunos de escolas estaduais e municipais, universitários), por ocasião das aulas de campo, feiras em agronegócios, palestras, encontros e comemorações.

Solução Adotada

1)Limpeza e recuperação das margens: orientados por fotos de satélite, os estudantes ambientalistas se organizam em Patrulhas do Meio Ambiente, limpam as margens, catalogam nascentes, identificam fontes de poluição e seus responsáveis e conscientizam os proprietários rurais. Um banco de sementes e um viveiro de mudas são usados no reflorestamento da mata ciliar. Para reduzir o assoreamento, os jovens militantes ambientais realizam mutirões de contenção de erosões, utilizando pneus velhos e pedras. Os olhos d’água que alimentam o córrego são cadastrados e protegidos; 2) Conscientização e fiscalização: periodicamente, as Patrulhas do Meio Ambiente programam visitas aos proprietários rurais da região, que são avisados com antecedência. Eles são orientados sobre a importância da preservação da mata ciliar para o Córrego da Serra. Ao final, ganham mudas de árvores e sementes para realizarem o reflorestamento em suas propriedades; 3) Escola ecológica: o antigo matadouro da cidade deu lugar à sede da ONG e uma Escola Ecológica, onde ocorrem oficinas sobre preservação do meio ambiente e confecção de móveis e artesanato com material reciclável, entre outras. Jovens e comunidade participam das atividades educativas, o que amplia o alcance social do Projeto, não só para a preservação do Córrego da Serra, mas também para a geração de renda e o desenvolvimento sustentável da região.

Resultado Alcançado

-Despoluição e recuperação do Córrego da Serra; -Controle dos agentes poluidores pelas Patrulhas do Meio Ambiente, com o fechamento de um Laticínio e a transferência de um lixão para o Aterro Sanitário; -Cinco mil mudas de árvores nativas plantadas; -Participação de mais de 700 estudantes nas atividades de conservação e monitoramento; -Redução nos índices de evasão escolar; -Participação de 120 adolescentes e 4 idosos nas Oficinas Educativas; -Trinta premiações ao longo de 11 anos de existência.

Locais onde a Tecnologia Social já foi implementada
Cidade/UFBairroData da implementação
Rubiataba / Goiás00/2011
Público-alvo da tecnologia
Público alvo
Alunos do ensino básico
Turistas
População em geral
Profissionais necessários para implementação da tecnologia
ProfissionalQuantidade
Monitor1
Zelador1
Merendeira1
Adolescentes10
Recursos materiais necessários para implementação da tecnologia

Um liquidificador industrial (já possui); Um fogão industrial (já possui); Uma mesa grande (já possui); Uma caixa acrílica de 30 litros (já possui); Uma guilhotina (a adquirir); 10 formas de telinha, tamanhos variados (já possui); Tesoura, cola e tinta (já possui); Uma picotadeira (a adquirir); Uma prensa (a adquirir).

Valor estimado para a implementação da tecnologia

Valor da Tecnologia: R$ 2.630,00

Instituições parceiras na tecnologia
Instituição parceiraAtuação na tecnologia social
Cooper Rubi -
FACER - Faculdade de Ciências e Educação de Rubiataba -
Lions Clube de Rubiataba -
Impacto Ambiental

Vida nova para os bairros vizinhos. A reforma e ampliação da sede do Projeto com os recursos do Prêmio-2007 da Fundação Banco do Brasil, gerou ânimo nos moradores que quiseram suas casas arrumadas (construção de calçadas e muros; alvenaria). As escolas participaram mais das aulas de Educação Ambiental oferecidas na sede do Projeto. Mais estudantes nas oficinas.

Forma de Acompanhamento

Reuniões mensais. Acompanhamento através de diário de classe.

Forma de Transferência

Adotar um córrego ou um pequeno curso d’água pode ser uma ótima experiência pedagógica para professores e alunos. O Projeto Córrego da Serra demonstra que aprender ecologia agindo em seu favor é bom para o meio ambiente e ajuda a formar cidadãos mais conscientes, dispostos a fazer a sua parte na preservação dos mananciais e florestas para as próximas gerações. Por isso, a ideia pode e deve ser reaplicada por outras instituições de ensino.

Endereços eletrônicos associados à tecnologia