Água Limpa - Desafio para o desenvolvimento consciente e sustentável

vencedora 2015

Instituição
Prefeitura Municipal de Caxias do Sul
Endereço
Rua Alfredo Chaves, 1333 - Exposição - Caxias do Sul/RS
E-mail
sag@caxias.rs.gov.br
Telefone
(54) 3290-3800
Responsáveis pela tecnologia
NomeTelefoneE-mailRedes Sociais
Neiva Rech(54) 3290-3800nrech@caxias.rs.gov.br
Resumo da Tecnologia

O Programa Água Limpa constitui-se num conjunto de ações que visa implementar e, com isso, despertar a importância do saneamento básico nas propriedades rurais do município de Caxias do Sul. Contempla o abastecimento da população rural com água potável (através da recuperação de vertentes e poços artesianos), destino adequado das águas servidas (instalação de sistema de esgotamento sanitário), destino adequado dos dejetos de animais (instalação de esterqueiras) e o destino adequado das embalagens vazias de agrotóxicos (campanhas de recolhimento). As ações estão relacionadas à promoção da qualidade de vida bem como à proteção dos ambientes naturais, em especial, os recursos hídricos.*{ods3},{ods6}*

Tema Principal

Recursos Hídricos

Tema Secundário

Saúde

Problema Solucionado

O município de Caxias do Sul possui um território de 1.625,97 km² e destes, aproximadamente, 1.492,53 km² estão na área rural, onde vivem cerca de 27 mil pessoas, correspondendo a 7,5% da população. Parte do território encontra-se no Bioma Mata Atlântica e está inserido nas bacias hidrográficas do Rio das Antas, ao norte, do Rio Caí, ao sul, cujo relevo basáltico apresenta um divisor de águas na direção leste-oeste, que se constitui no principal distribuidor de água e que orienta o escoamento dos cursos d'água para as bacias citadas. A origem da água que abastece a área rural é proveniente de fontes superficiais, com poucas exceções. Este sistema é considerado frágil no que se refere à conservação e qualidade das águas verso as atividades na agropecuária que conferem destaque econômico no cenário nacional e a falta de saneamento básico, que representa um risco para a saúde das pessoas. Várias análises microbiológicas das nascentes foram realizadas sendo encontrado contaminações. As condições de atendimento com saneamento básico para a população rural são extremamente precárias, pois as soluções são individualizadas para cada localidade e realidade específica .

Objetivo Geral

Desenvolver uma ação sistemática de saneamento básico rural, objetivando a melhoria da qualidade de vida das famílias residentes no meio rural do município de Caxias do Sul, incentivando a preservação e a recomposição da vegetação nativa, a conservação do solo e os mananciais hídricos.

Objetivo Específico

O Programa Água Limpa corresponde a uma série de ações voltadas a minimizar as dificuldades existentes no meio rural, orientando os produtores com relação ao saneamento básico através da assistência técnica, melhoria de infra-estrutura e serviços básicos, crédito e conscientização, transformando o produtor rural em importante promotor do modelo de desenvolvimento sustentável que tanto se almeja. Isso porque é na zona rural que a água da chuva pode infiltrar, abastecer o subsolo das bacias hidrográficas e abastecer os mananciais que fornecem água às cidades e a ocupação do solo com a atividade agropecuária e a utilização de agrotóxicos, se não realizados com manejo adequado, comprometem a disponibilidade de água. O programa prevê a continuidade e a permanência de ações determinantes para a melhoria da qualidade de vida da comunidade, buscando a atuação cidadã através do resultado positivo fortalecendo a participação e estimulando a adesão de novas pessoas, grupos e instituições.

Descrição

O produtor rural é um agente importante na mudança para a sustentabilidade pois é em sua propriedade que as técnicas agronômicas de conservação de água e solo e a recuperação das bacias hidrográficas podem ser utilizadas, com resposta positiva para o meio rural, cidades e meio ambiente. As condições de atendimento com saneamento básico para a população rural no Brasil são extremamente precárias. Diante da necessidade de preservar a qualidade da água e da identificação de focos de contaminação a Prefeitura de Caxias do Sul, através da Secretaria Municipal da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SMAPA) em parceria com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) e o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (SAMAE) elaborou um programa objetivando a melhoria da qualidade de vida da população rural do município, ao lado da preservação do meio onde ela vive, através da implantação do saneamento básico na propriedade rural. Nesse sentido é fundamental não só o suprimento de água que necessariamente tem sua origem no ambiente natural, o qual deve ser preservado, mas também garantir que ela, utilizada, seja tratada antes de sua devolução para os mananciais. Nesse contexto, elaborou-se uma cartilha de saneamento básico rural que oportuniza o conhecimento do programa aos agricultores do município de Caxias do Sul e, com isso, despertar a importância de realizar o saneamento na propriedade. O programa engloba ações de saneamento básico rural onde é implementado o tratamento das águas servidas do domicílio através da instalação de caixa de gordura, fossa séptica, filtro anaeróbico e sumidouro. Os modelos utilizados seguem as normas da ABNT. As propriedades atendidas no projeto tem ações de proteção de nascentes e cursos de água e a recuperação de fontes de água para o abastecimento humano, seguindo modelos padrões. Nas áreas de entorno das vertentes são plantadas espécies nativas da região e isolado o acesso dos animais. Em todas as propriedades os produtores são orientados sobre a importância das fontes de água e que as estruturas para a captação de água são de mínimo impacto. Em regiões onde existe a dificuldade do abastecimento com as fontes são perfurados poços tubulares e realizada a rede de distribuição. Para os dejetos animais foram construídas esterqueiras que, após compostagem, são utilizadas para adubação. Os insumos, mão-de-obra e horas-máquina são custeados pelo município e pelo Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto. Com o setor de Vigilância Ambiental da Secretaria da Saúde, o Programa Água Limpa desenvolve o Programa de Vigilância da Qualidade da Água para consumo humano, através do sistema Vigiágua do Ministério da Saúde. Além disso, a Vigilância Ambiental também realiza pesquisas a campo com as famílias onde não existem redes de abastecimento público.

Resultado Alcançado

Entre os resultados do Programa Água Limpa, 400 propriedades estão beneficiadas com o sistema de abastecimento através de poços artesianos. Sessenta nascentes foram recuperadas (abastecimento de água para 80 famílias) englobando, também, o plantio de espécies nativas no entorno. Em 30 propriedades foram instaladas esterqueiras e sistema de tratamento das águas servidas. De 2010 a 2014 foram recolhidas e destinadas 500.000 embalagens de agrotóxicos durante as Campanhas de Recolhimento, juntamente com os estabelecimentos comerciais e entidades do setor agrícola. Foram distribuídas 2.500 cartilhas de saneamento básico rural.

Locais onde a Tecnologia Social já foi implementada
Cidade/UFBairroData da implementação
Caxias do Sul / Rio Grande do SulÁres rurais do município, em especial as áreas de bacias de captação03/2010
Público-alvo da tecnologia
Público alvo
Produtores rurais - Grandes
Produtores rurais - Médios
Produtores rurais - Pequenos
Recursos materiais necessários para implementação da tecnologia

- Recursos para a proteção de nascente: elaboração de material informativo (cartilha) R$ 5,00 a unidade; - Estrutura para a proteção de fonte: 70 tijolos/0,5 saco de cimento/0,5 metro cúbico de areia/0,5 metro cúbico de brita/1,0 metro cúbico de rachão/10 metros de lona preta. Valor médio total: R$ 300,00; - Recursos para a instalação de sistema de tratamento das águas servidas (Sistema médio para família de quatro pessoas): 1 Caixa de gordura/ 1 fossa séptica de 1600 litros/ 1 filtro anaeróbico/ 1 sumidouro: R$ 1.200,00; - Recursos para a instalação de esterqueiras (quando houver necessidade): Para a construção de esterqueira com capacidade para 20 metros cúbicos com divisória o custo é de R$ 4.000,00

Valor estimado para a implementação da tecnologia

O valor total para a implantação do projeto depende do número de propriedades a serem beneficiadas pelo programa. O custo médio por propriedade levando-se em conta a proteção das nascentes e a instalação do sistema de tratamento das águas servidas é de R$ 1.500,00. Cada município pode elaborar o programa de acordo com as condições e materiais locais.

Instituições parceiras na tecnologia
Instituição parceiraAtuação na tecnologia social
Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto - SAMAEInstalação do sistema de esgotamento sanitário; ligação das vertentes aos poços artesianos e desses as residências dos produtores
Anexos da tecnologia
LegendaArquivo/Download
Manual DigitalBaixar
Manual para impressãoBaixar
Anexo 1Baixar
Anexo 1Baixar
Anexo 1Baixar
Anexo 2Baixar
Anexo 3Baixar
Endereços eletrônicos associados à tecnologiaDepoimento Livre

"Trabalhamos com gado e ovelhas. Tínhamos problemas com o destino das águas das residências, elas eram afastadas das casas por canos e destinadas a pequenas valas a céu aberto, onde, além do forte cheiro, tinha grande infestação de insetos. A água que utilizamos para o consumo, sempre que ocorria chuvas, ficava turva, com gosto de terra. Tínhamos um reservatório que todas as vezes que era feito a limpeza tinha insetos, terra, folhas e limo. Como trabalhamos com animais o esterco gerado era amontoado a céu aberto, cheiro era forte além da quantidade de moscas que apareceram. Depois que aderimos ao Programa tudo mudou. Melhorou 100%. Com a construção das esterqueiras todos os resíduos vão para lá e são reaproveitados. Saneamento básico, dignidade para o produtor". Márcio Soares, Vila Seca.