Cirandas.net - a rede social e econômica da e para a economia solidária

certificada 2015

Instituição
EITA - Cooperativa de Trabalho Educação, Informação, Tecnologia para Autogestão
Endereço
Rua Casemiro de Abreu, 272 - Vila Rosa - Novo Hamburgo/RS
E-mail
rosana@eita.org.br
Telefone
(51) 3566-2909
Responsáveis pela tecnologia
NomeTelefoneE-mailRedes Sociais
Bráulio Oliveira(77) 9151-5053braulio@eita.org.br
Carlos Alberto Monteiro Salles(11) 2682-0055sallesarte@hotmail.com
Cristina Candida Brites(61) 3965-3268cristina@fbes.org.br
Daniel Tygel(35) 3735-1449dtygel@eita.org.br
Daniela Rueda(61) 3965-3268daniela@fbes.org.br
Rosana Kirsch(51) 3566-2909rosana@eita.org.br
Resumo da Tecnologia

O Cirandas.net é uma rede social e econômica desenvolvida em software livre nacional Noosfero. É uma ferramenta na internet que pode ser personalizada e atualizada pelas/os próprias/os trabalhadoras/es de empreendimento economia solidária que tem à disposição um site com loja virtual gratuito onde se pode solicitar produtos, serviços e se comunicar com o empreendimento. No Cirandas.net cada usuário/a cadastrado/a tem um site pessoal e há comunidades virtuais onde se partilham conhecimentos e práticas desta outra economia. Toda comunidade pode ser um Coletivo de Consumo: seus integrantes podem usar uma funcionalidade para organizar compras coletivas e gerenciar os pedidos e as entregas.*{ods4},{ods8},{ods12},{ods17}*

Tema Principal

Renda

Tema Secundário

Educação

Problema Solucionado

A economia solidária é uma realidade: trabalhadoras/es que se organizam para produzir, comercializar e prestar serviços coletivamente, em relações igualitárias de decisão e de acesso aos recursos gerados. O Brasil registra a existência de mais de 20 mil empreendimentos que atuam em diversos setores econômicos e movimentam o desenvolvimento territorial e sustentável. Como a internet pode contribuir com esta outra economia? Em 2008, o FBES inicia o desenvolvimento e lança o Cirandas.net em 2009, passando a divulgar mais 14mil empreendimentos participantes do Mapeamento da Economia Solidária. Na medida em que um/a novo/a usuária/o se integra ao Cirandas.net e que sites de empreendimentos passam a ser usados se avança na realização do objetivos da ferramenta: potencializar o fluxo de saberes, produtos e serviços da Economia Solidária; oferecer ferramentas para a constituição e consolidação de redes e cadeias solidárias; ser um espaço de divulgação da economia solidária e de busca de seus produtos e serviços para consumidoras/es individuais e coletivos e potencializar a interação de pessoas em comunidades virtuais.

Objetivo Geral

Oferecer ferramentas na internet para promover a articulação econômica, social e política de quem vive da Economia Solidária ou a apoia.

Objetivo Específico

Potencializar o fluxo de saberes, produtos e serviços da Economia Solidária; Oferecer ferramentas para a constituição e consolidação de redes e cadeias solidárias; Ser um espaço de divulgação da economia solidária e de busca de seus produtos e serviços para consumidoras/es individuais e coletivos (públicos, privados e grupos de consumidoras/es); Potencializar a interação de pessoas em comunidades virtuais.

Descrição

O Cirandas.net é baseado em 4 pilares fundamentais: Rede Social e CMS (Sistema de Gestão de Conteúdos): Conteúdos, textos, documentos, e agenda de eventos são inseridos de maneira descentralizada por pessoas que não entendem nada de programação nem de linguagens de computador. Isso permite uma dinâmica e alimentação descentralizada dos conteúdos do sistema. Cada usuário/a tem uma página própria. Nesta página, a pessoa pode colocar suas ideias, fotos, eventos, mostrar de quais empreendimentos solidários participa, de quais empreendimentos costuma comprar produtos, os temas que lhe interessam, entre outras coisas. Por exemplo, cada associada/o de cooperativa pode ter seu blog dentro do Cirandas.net e estar vinculado ao site da cooperativa que integra permitindo a gestão do site da cooperativa e a divulgação da cooperativa mostrando seus/suas associadas/os. Além disso, há as comunidades virtuais, em que cada usuária/o ou empreendimento pode participar: Estas comunidades podem ser comunidades territoriais (de pessoas de um mesmo bairro, território ou região); comunidades temáticas (por exemplo, comunidade para debater logística solidária, ou a comunidade sobre formação e economia solidária, ou agroecologia, etc), ou comunidades econômicas (por exemplo, a comunidade do artesanato, ou a comunidade da cadeia do mel, ou a comunidade das lojas solidárias, etc....). Todas as comunidades tem um funcionalidade que permite gerir um Coletivo de Consumo de produtos e serviços da economia solidária, podendo apresentar os produtos, fazer a gestão de pedidos, entregas e pagamentos. As possibilidades de se relacionar, encontrar pessoas do movimento, trocar ideias e se articular politicamente são, assim, ilimitadas. Organização em Recortes ou "Espaços": Cada pessoa, texto, foto, evento, comunidade, documento ou qualquer outro tipo de conteúdo pode ser categorizado (no caso de pessoas, trata-se de "interesses" ao invés de "categorias"). Estas categorizações permitem que, no Cirandas.net, seja possível ao usuário localizar temas específicos e ficar sabendo tudo o que há no conjunto do sistema relacionado. Por exemplo, é possível buscar o termo “Artesanato" e serão visíveis os eventos do artesanato, as pessoas que se interessam ou lidam com esta área econômica, os empreendimentos que estão neste ramo econômico, os textos, documentos, vídeos e imagens sobre artesanato (ou seja, uma "biblioteca do artesanato"), etc. Quando o usuário faz uma busca é como se entrasse num portal dentro do sistema, em que tudo o que se vê tem a ver com a categoria escolhida. Inteligência econômica de redes solidárias: Sistema de inteligência para divulgação, comercialização e logística de produtos e serviços da Economia Solidária. Isto implica numa série de funcionalidades voltadas à articulação econômica e social dos empreendimentos solidários em circuitos longos e curtos de produção, comercialização e consumo. Há hoje no Cirandas os 22 mil sites de empreendimentos solidários (www.cirandas.net/assets/enterprises) e no site do FBES Farejador de produtos e serviços (www.fbes.org.br/farejador) que apresenta os mais de 3.000 produtos e serviços diferentes em uma complexa e vasta árvore. Este pilar econômico é a inteligência mais profunda do sistema, que dá o seu grande diferencial enquanto um sistema da Economia Solidária, e contempla funcionalidades para empreendimentos solidários de produção, de comercialização, de serviços e de consumidores, além de funcionalidades para fóruns, redes e entidades poderem organizar planejamento e logística solidária. Interoperabilidade e protocolos de comunicação com outros sistemas: O Cirandas.net não é concebido como uma ferramenta única e exclusiva no oferecimento de ferramentas para empreendimentos de Economia Solidária e para as Redes, Fóruns e Conselhos existentes nos territórios. Desde o início, o Cirandas.net tem como base a interoperabilidade, ou seja, a capacidade de dialogar e interagir com outros sistemas, portais, sites e softwares existentes e em uso, tanto via web como softwares desktop. Assim, um empreendimento que, por exemplo, utilize um ARP para sua gestão interna deve poder, a partir do software ARP de sua máquina, fazer atualizações no site do empreendimento que está no ar no Cirandas, e vice-versa. Buscando ampliar a divulgação da economia solidária e usando da interoperabilidade e protocolos de comunicação com outros sistemas, foi desenvolvido um aplicativo que liga o Cirandas.net ao Facebook. Usando o aplicativo as/os usuárias/os do Cirandas.net podem ter lojas da economia solidária no Facebook, podendo ser a loja de um empreendimento ou loja que mostre produtos e serviços de vários empreendimentos. Também é possível, com o aplicativo, divulgar outras ações feitas no Cirandas.net – como postagens, fotos, empreendimentos favoritos no Facebook.

Resultado Alcançado

O Cirandas.net foi a primeira implementação do Noosfero. De 2009 para cá, o Cirandas.net ampliou o número de usuárias/os pessoas, de comunidades e de sites ativos de empreendimentos econômico solidários, contando com 9,6mil usuárias/os, 750 sites de empreendimentos ativos, 2.5mil produtos/serviços oferecidos por empreendimentos, 670 comunidades e, em maio/2015, movimentou R$25mil em vendas. A dinamização do Cirandas.net é realizada pelo FBES, que atende via chat e emails as/os usuárias/os, interage com comunidades e empreendimentos usuários, sugerindo novas formas de uso da plataforma. A manutenção técnica tem por base o constante diálogo entre FBES e a EITA, buscando garantir o fluxo de informações sobre o Cirandas.net e a correção de falhas. Periodicamente, são realizados encontros presenciais ou virtuais com trabalhadoras/es de empreendimentos econômico solidários para avaliar o Cirandas e identificar as melhorias necessárias. O Cirandas.net teve melhorias que foram indicadas e viabilizadas por usuárias/os. Uma destas melhorias que articula a rede social, econômica e interoperabilidade com outro sistema é o aplicativo CirandasnoFace que permite criar loja no Facebook de empreendimentos com site no Cirandas.net e postar conteúdos ao mesmo tempo no Cirandas.net e no Facebook. Outra melhoria solicitada por empreendimentos usuários do Cirandas.net foi no ambiente da vitrine de produtos e serviços: repetição de pedidos anteriores, novo formulário de compra e novo formato da planilha de gestão dos pedidos/vendas. Visando ampliar a usabilidade do Cirandas.net, a plataforma foi adaptada para o acesso via celulares e tablets e houve melhorias no design especialmente dos sites de empreendimentos que podem ser personalizados facilmente. As comunidades são espaços para disponibilizar saberes e articular o movimento de economia solidária com o uso de ferramentas de blog, fórum, texto colaborativo, comentários em postagens e disponibilização de arquivos e imagens online. Na comunidade Ajuda estão disponíveis tutoriais em vídeo para usuários e na comunidade Cirandeiras e Cirandeiros há os contatos de pessoas de vários locais do Brasil que são Pontos de Apoio Cirandas: conhecem o funcionamento da plataforma e se prontificam a ajudar no uso. Nesta comunidade também estão disponíveis materiais formativos sobre o Cirandas.net e na comunidade Aprendizagens é possível participar de um percurso formativo sobre software livre, o Cirandas.net e suas funcionalidades.

Locais onde a Tecnologia Social já foi implementada
Cidade/UFBairroData da implementação
Canoas / Rio Grande do SulVale do Sinos04/2014
Pelotas / Rio Grande do SulColetivo Bem da Terra10/2014
Navegantes / Santa CatarinaArtesanave09/2014
Caldas / Minas GeraisRecantico11/2014
Paranacity / ParanáCooperativa de Produção Agropecuária Vitória - COPAVI11/2013
Aripuanã / Mato GrossoAssociação dos Moradores Agroextrativistas da Resex Guariba Roosevelt Rio Guariba04/2015
Brasília / Distrito FederalFórum de Economia Solidária do Distrito Federal e Entorno03/2015
Florianópolis / Santa CatarinaCompras Coletivas Ecossolidárias04/2015
Natal / Rio Grande do NorteRede Abelha02/2011
Teresina / PiauíFórum Piauiense de Economia Solidária06/2009
São Luís / MaranhãoFórum Maranhense de Economia Solidária02/2010
São Gabriel do Oeste / Mato Grosso do SulGTA Bolsas03/2014
Vitória / Espírito SantoBem Arte Moda05/2012
Rio de Janeiro / Rio de JaneiroPapel Pinel09/2014
Gravatá / PernambucoArt Gravatá04/2012
Salvador / BahiaRedeMoinho05/2015
Poço Verde / SergipeASCOOB Coopc04/2015
Marechal Deodoro / AlagoasCooperativa dos Artesãos de Barra Nova (COOPEARTBAN)09/2014
Santa Tereza do Oeste / ParanáAssociação de Catadores de Resíduos Recicláveis - ACARESTI04/2015
Goiânia / GoiásCosturart - Grupo de Mulheres05/2014
Teresina / PiauíAFOXÀ04/2013
Porto Velho / RondôniaGrupo Biojóias da Floresta04/2013
Macapá / AmapáFundo do Artesanato Wajãpi11/2014
Manaus / AmazonasCooperativa das Canoas Turisticas da Vila da Felicidade06/2008
Salvador / BahiaCoofe - Cooperativa Múltipla Fontes de Engomadeira11/2014
Sapucaia do Sul / Rio Grande do SulFórum do Vale do Rio dos Sinos03/2013
Rio de Janeiro / Rio de JaneiroNúcleo de Solidariedade Técnica (SOLTEC/UFRJ)05/2008
Rio de Janeiro / Rio de JaneiroFaces do Brasil04/2008
Público-alvo da tecnologia
Público alvo
Adulto
Afrodescendentes
Agricultores
Agricultores Familiares
Alunos do ensino superior
Artesãos
Assentados rurais
Catadores de material reciclável
Empreendedores
Famílias de baixa renda
Gestores Públicos
Idosos
Jovens
Lideranças Comunitárias
Mulheres
Organização não Governamental
Pescadores
População em situação de rua
Portadores de deficiência
Povos indígenas
Professores do ensino fundamental
Professores do Ensino Superior
Recursos materiais necessários para implementação da tecnologia

O Cirandas.net é gratuito e desenvolvido em software livre, cujo código está disponível em https://github.com/CIRANDAS para uso e novos desenvolvimentos da plataforma. Para o uso do Cirandas.net, as/os usuárias/os precisam dispor de computador, tablet ou celular com internet para a navegação e conhecimento mínimo de uso da internet. Também são necessárias fotos de produtos, informações sobre o empreendimento e dos produtos que serão postadas no site pelas/os trabalhadoras/es do empreendimento e visíveis às/aos visitantes. O Cirandas.net conta com várias funcionalidades para os empreendimentos mostrarem seu trabalho e para ajudar na apropriação, contamos com Pontos de Apoio nos estados: são usuárias/os do Cirandas.net que são multiplicadores, apoiando os empreendimentos no uso da plataforma. Outras estratégias para a apropriação e suporte é a realização de oficinas e a assessoria direta aos empreendimentos realizadas por organizações de apoio e fomento e empreendimentos que já são usuários do Cirandas.net. Esta ação de capacitação e apropriação é muito importante para a vitalidade do Cirandas.net e para favorecer a inclusão digital, pois em muitos casos, o uso do Cirandas.net pelas/as trabalhadoras/es coincide com o primeiro contato com computador e internet. Para manter o Cirandas.net, corrigir falhas e desenvolver novas funcionalidades conta-se com uma equipe de desenvolvedores, cujo trabalho contribui com a comunidade de software livre Noosfero.

Valor estimado para a implementação da tecnologia

Para uso Cirandas.net não há custo para usuárias/os. A capacitação para uso pode ser feita sem custos por meio de vídeos ou em parceria com Pontos de Apoio e organizações de assessoria locais. Para a manutenção anual do Cirandas.net, há custos com servidor (R$600,00); manutenção técnica: novas funcionalidades e resolução de falhas (R$16.000,00); dinamização (R$8.000,00).

Instituições parceiras na tecnologia
Instituição parceiraAtuação na tecnologia social
Instituto Marista de Solidariedade - IMSDivulgação, capacitações e contribuição para melhorias no Cirandas.net
SOLTEC - Núcleo de Solidariedade Técnica da UFRJDivulgação e contribuição para desenvolvimento do Cirandas.net
ITEIAModelagem e hospedagem de vídeo aulas
Ministério do Trabalho e EmpregoDivulgação, base de dados e recursos para desenvolvimento
IBASEProdução de material formativo e organização de informações
Fóruns Estaduais de Economia SolidáriaDivulgação, oficinas e apoio financeiro para desenvolvimento de funcionalidades
ColivreDesenvolvimento de funcionalidades, atividades e materiais de formação
Cerca de 800 pessoasFinanciamento colaborativa para desenvolvimento do aplicativo CirandasnoFace
Anexos da tecnologia
LegendaArquivo/Download
Artigo sobre Cirandas.net: Motta, Tygel/ 2010 IBASEBaixar
Tese de Celso Alvear: estudo do Cirandas.netBaixar
Artigo de Alan Tygel que estuda o Cirandas.netBaixar
Vídeo com o depoimento de Diogo da RedeMoinho/ BAdownload
Endereços eletrônicos associados à tecnologiaDepoimento Livre

1-ArtGravatá/ PE: O Cirandas é a principal ferramenta de comunicação, vendas e divulgação dos nossos produtos e serviços. Sem ela estaríamos fechados. Acredito muito no potencial do Cirandas para o fortalecimento dos Empreendimentos e o crescimento da economia solidária no Brasil. 2-PapelPinel/ RJ: O Cirandas salvou o Papel Pinel. Tinhamos um site que sofreu um ataque hacker e tivemos a oportunidade de ter um site de novo, com fotos, fácil de manusear e ainda por cima ligado à Economia Solidária. O retorno é que algumas pessoas nos acharam e ter informações importantes sobre o Projeto. 3-BemdaTerra/ RS: Com o Cirandas foi possível construir a 'Feira Virtual Bem da Terra'. Desde dezembro/2014 comercializamos/distribuímos cerca de R$40 mil em produtos articulando consumidores e produto