Uma Sinfonia Diferente

vencedora 2017

Instituição
Instituto Steinkopf
Endereço
SRTVS QD 701, BLOCO O SALA 837 - Asa Sul - Brasília/DF
E-mail
carol.steinkopf@gmail.com
Telefone
(61) 9811-80405
Responsáveis pela tecnologia
NomeTelefoneE-mailRedes Sociais
ana carolina steinkopf(61) 98240-9368carol.steinkopf@gmail.com
Resumo da Tecnologia

Uma Sinfonia Diferente- musical para pessoas com autismo é uma metodologia inovadora na assistência e desenvolvimento das pessoas com autismo promovendo saúde, bem estar e proporcionando empoderamento e protagonismo para pessoas com autismo e suas famílias, mostrando seus potenciais para a comunidade. A metodologia consiste em quatro etapas:
1- Inscrição e seleção de pessoas com autismo e voluntários, 2- ensaios em pequenos grupos de pessoas com autismo, 3- Apresentação pública, 4 - Retorno aos ensaios em pequenos grupos para devolutivas sobre a evolução da pessoa com autismo durante o processo. O objetivo é promover um espaço de protagonismo para pessoas com autismo*{ods3},{ods4},{ods10}*

Tema Principal

Saúde

Tema Secundário

Educação

Problema Solucionado

Estima-se que no Brasil há mais de 2 milhões . O autismo é um transtorno do desenvolvimento que leva a pessoa a ter dificuldade de interação social, dificuldade na comunicação social e interesses restritos. Muitos pais de pessoas com autismo relatam a dificuldade em encontrar metodologias que incluam os seus filhos em atividades realizadas em grupo e que estimulem a linguagem, interação social e valorize os seus potenciais. Muitas famílias de pessoas com autismo deixam de realizar atividades sociais em virtude do comportamento do filho e o julgamento, por falta de conhecimento, de pessoas que frequentam o mesmo espaço social, levando a família da pessoa com autismo ao isolamento social. A musicoterapeuta Ana Carolina Steinkopf viu na música um grande potencial para criar uma metodologia inovadora onde o foco é ressaltar os potenciais das pessoas com autismo através da música e da metodologia Uma Sinfonia Diferente, levando conscientização sobre o autismo para o público, inclusão social da pessoa com autismo e sua família e colocando o autista como protagonista e agente cultural, promovendo saúde e bem estar para os autistas e suas famílias.

Objetivo Geral

Promover um espaço terapêutico e artístico que apoie o desenvolvimento das potencialidades das pessoas com autismo e um ambiente favorável para a conscientização da comunidade sobre características e potenciais das pessoas com autismo.

Objetivo Específico

- Inclusão social;
- Apresentar o potencial das pessoas com autismo;
- Proporcionar um espaço terapêutico diferenciado;
- Estimular e ampliar a capacidade de interação e comunicação da pessoa com autismo;
-Dar visibilidade à importância da inclusão das pessoas com autismo e suas famílias;
- Produzir pesquisas acadêmicas;
- Replicar a metodologia em outras cidades brasileiras.

Descrição

Uma Sinfonia Diferente é uma metodologia que utiliza a música para a promoção de saúde, bem estar e desenvolvimento das pessoas com autismo. A tecnologia social foi criada em 2015 pela musicoterapeuta Ana Carolina Steinkopf que viu na música um grande potencial para o desenvolvimento da interação social e de linguagem das pessoas com autismo, em 2015 foi desenvolvida em Brasília, implantada em 2015 em Fortaleza (CE), em 2016 em Timóteo (MG) e em 2017 em Goiânia (GO). Ao criar a metodologia, Ana Carolina Steinkopf dividiu o processo terapêutico/artístico em cinco etapas:
- Etapa 1: Inscrição de pessoas com autismo e formação de pequenos grupos. A inscrição é feita através do e-mail umasinfoniadiferente@gmail.com e depois é agendada uma entrevista de triagem onde a equipe terapêutica, formada por psicólogos, terapeutas ocupacionais e musicoterapeutas, para verificar as habilidades, dificuldades, comportamentos e níveis de interação e linguagem da pessoa com autismo. Após a triagem são formados grupos de 4 a 5 pessoas de acordo com a idade, desenvolvimento social e desenvolvimento da linguagem. Os grupos não são homogêneos.
- Etapa 2: Inscrição e seleção de voluntários. A inscrição é feita através do e-mail usdvoluntários@gmail.com e é agendada uma entrevista presencial realizada pela equipe responsável pelo voluntariado, são exigidas três horas de dedicação semanal para o desenvolvimento das atividades dentro da metodologia. As atividades que o voluntário deverá desenvolver são: acompanhar a pessoa com autismo durante a sessão de uma hora, realizar relatório semanal para acompanhamento do desenvolvimento da pessoa com autismo e leitura de textos para a supervisão. Vale ressaltar que a supervisão é realizada quinzenalmente e é o espaço onde o voluntário pode tirar suas dúvidas, questionar, sugerir e trocar experiência com os profissionais da equipe terapêutica.
- Etapa 3: Ensaios em pequenos grupos. São realizados ensaios em pequenos grupos que foram selecionados de acordo com a triagem realizada na etapa 1. Quem conduz os ensaios é o musicoterapeuta da equipe, o primeiro objetivo a ser alcançado em todos os grupos é o vínculo e depois são feitos objetivos específicos para cada grupo de acordo com o seu perfil e necessidade e desenvolvimento. O ensaio é o momento de aprendizagem para as pessoas com autismo, os voluntários estimulam a interação social dos participantes com autismo, a linguagem e a comunicação de forma lúdica através das atividades musicais sistematizadas e estruturadas propostas pela equipe terapêutica. Duração 6 meses.
- Etapa 4: Apresentação. Após seis meses de ensaios em pequenos grupos eles são fundidos em um só grupo para a preparação artística das habilidades que foram desenvolvidas terapeuticamente. São dois meses de ensaios gerais com todos os participantes no local onde será realizada a apresentação do musical.O teatro é adaptado de acordo com as necessidades físicas e sensoriais das pessoas com autismo. A apresentação é aberta ao público mediante compra de ingresso. O objetivo dessa etapa é promover conscientização para a platéia sobre o autismo, suas características, limitações e potenciais.
- Etapa 5: Devolutiva e avaliação do processo. Na etapa 5 é realizada junto a equipe de voluntários, pais e outros colaboradores uma avaliação sobre o desenvolvimento das pessoas com autismo e o desenvolvimento da tecnologia social que foi aplicada no período de um ano. Os pais das pessoas com autismo recebem um relatório apontando habilidades que foram desenvolvidas e habilidades que ainda precisam ser desenvolvidas, a equipe terapêutica que conduziu o processo recebe relatório e avaliação dos pais e responsáveis pelos participantes da metologia.

Resultado Alcançado

Em três edições da metodologia aplicada em Brasília os resultados foram:
- 115 pessoas com autismo atendidas;
- Aumento de 67% de interações interpessoais entre as pessoas com autismo;
- Aumento de 84% de interações interpessoais entre pessoas com autismo e pessoas normativas;
- Aumento de 70% nas respostas verbais dos participantes entre 3 e 10 anos;
- Aumento de 50% da comunicação visual;
- Diminuição em 45% dos movimentos estereotipados e repetitivos nas pessoas com autismo participantes do projeto,
- Diminuição da sensibilidade auditiva e seletividade alimentar;
- Diminuição de crises comportamentais frente a frustração;
- Mais de quatro mil espectadores na apresentação final da metodologia;
- Distribuição de mais de quatro mil cartilhas de conscientização sobre o autismo;
- 430 voluntários da área da saúde, música e marketing envolvidos no processo.

Locais onde a Tecnologia Social já foi implementada
Cidade/UFBairroData da implementação
Fortaleza / Ceará10/2015
Timóteo / Minas Gerais02/2016
Goiânia / Goiás02/2017
Brasília / Distrito FederalAsa Sul01/2015
Público-alvo da tecnologia
Público alvo
Adolescentes
Adulto
Alunos do ensino básico
Alunos do ensino fundamental
Crianças
Gestores Públicos
Jovens
Médicos
População em geral
Professores do ensino básico
Recursos materiais necessários para implementação da tecnologia

Para a implementação da tecnologia é necessário:
- Uma sala de 50m²;
- Um violão;
- Materiais de papelaria;
- Um piano;
- Instrumentos de percussão (a critério do musicoterapeuta diretor do processo);
- Uma câmera de vídeo para gravação;
- Ar condicionado;
- Internet;
- Tatame para o chão;
- Almofadas;
- Aparelho de som;
- Computador.

Valor estimado para a implementação da tecnologia

O valor estimado é de 270 mil reais por ano.

Anexos da tecnologia
LegendaArquivo/Download
Menção Honrosa para a criadora da tecnologiaBaixar
Endereços eletrônicos associados à tecnologiaDepoimento Livre

Meu nome é Gustavo e eu tenho um filho diagnóstico com autismo.
Meu filho é uma criança perfeita, tem 6 anos e agora está começando a desenvolver a linguagem graças á metodologia Uma Sinfonia Diferente. Posso dizer que essa tecnologia veio para ajudar o meu filho, a minha família e outras pessoas com autismo e suas famílias. O processo é um pouco temeroso no começo, até então nunca tínhamos levado o nosso filho para uma terapia coletiva com outras pessoas com autismo, mas acreditei que essa iniciativa poderia ajudar o meu filho a se relacionar, desenvolver a linguagem, mas o que mais me encantou foi que a equipe mostra a cada encontro os potenciais que o meu filho e as outras pessoas com autismo tem. Eles olham para as evoluções com um olhar diferente. Eu acredito nessa metodolog