H2Sol – Água Solar

certificada 2009

Instituição
Instituto Eco - Engenho de Tecnologia Aplicada ao Desenvolvimento Sustentável
Endereço
Rua Professor Sinval Gama Filho, 14 - Gruta de Lourdes - Maceió/AL
E-mail
jrfonseca@ecoengenho.org.br
Telefone
(82) 3338-3644
Responsáveis pela tecnologia
NomeTelefoneE-mailRedes Sociais
José Roberto da Fonseca e Silva(82) 3338-3644jrfonseca@ecoengenho.org.br
Resumo da Tecnologia

Microssistemas de irrigação para produtos de valor agregado, usando energias renováveis e tecnologias sociais para inclusão socioprodutiva de comunidades remotas de extrema pobreza.*{ods7}*

Tema Principal

Energia

Problema Solucionado

Comunidade remota no sertão alagoano, sem água, sem energia elétrica, sem saneamento, sem escola, sem posto de saúde, sem renda e sem esperança. O Projeto foi um desafio para tirar água das pedras, dessalinizar e purificar essa água, utilizá-la como fator de produção, vencer paradigmas das tradicionais culturas de subsistência, plantar produtos de valor agregado, vencer outros paradigmas de só vender no mercado local trazendo os produtos para nichos especiais de mercado, gerar renda na comunidade tendo a ousadia de ir além dos saberes locais, agregando muita informação, inovação tecnológica, energias limpas, manejo adequado da água e dos recursos ambientais, enfim conquistando cidadania com liberdade e sustentabilidade para essas pessoas que sobrevivem abaixo da linha de pobreza.

Objetivo Geral

Instalação de microssistemas de irrigação para produtos de alto valor agregado, com uso de energias renováveis e tecnologias adequadas, para geração de renda.

Objetivo Específico

1. Desenvolver microssistemas produtivos com produtos de valor agregado; 2. Dotar as comunidades de infraestrutura de água, energia, saneamento, acesso ao sistema de saúde, educação, previdência pública, crédito etc; 3. Capacitação para gestão da água e demais recursos ambientais locais; 4. Capacitação para gestão de negócios, novos mercados, movimentação bancária, linhas de créditos, tributos etc.

Solução Adotada

Dotar a comunidade de um suprimento regular de água de boa qualidade a partir de arranjos tecnológicos que envolvem: poços tubulares, energia solar fotovoltaica para bombeamento de água, energia solar térmica para dessalinização e a própria força da gravidade para drenar "olhos d´água" das serras mais próximas. A partir daí, administrar esse escasso potencial de água para geração de renda através de microssistemas agrícolas com produtos de alto valor agregado. A comunidade foi envolvida, inicialmente pelas reuniões de mobilização e pelo próprio desafio de não acreditar que seria possível sair da pobreza com uso de equipamentos e idéias tão inovadoras e estranhas ao seu limitado conhecimento. A mobilização foi mais focada nas mulheres, responsáveis pela gestão da água na família e maior permanência na comunidade, já que os homens partem em busca de trabalho chegando a passar mais de seis meses longe de casa.

Resultado Alcançado

O projeto H2Sol, na comunidade de Sítio Baixas, em São José da Tapera-AL, conseguiu mudar completamente a situação de pobreza crônica com renda familiar mensal inferior a R$ 90,00, para algo em torno de R$ 500,00, trazendo ainda benefícios extraordinários para a comunidade, como o abastecimento permanente de água, extensão da rede elétrica convencional através do Programa Luz para Todos, reconstrução em alvenaria de todas as casas de taipa da comunidade, com apoio da ONG Amigos do Bem, redução da mortalidade infantil etc.

Público-alvo da tecnologia
Público alvo
Agricultores Familiares
Quantidade: 0
Profissionais necessários para implementação da tecnologia
ProfissionalQuantidade
Engenheiros2
Agrônomos2
Assistente Social1
Economista1
Administrador1
Nutricionista1
Recursos materiais necessários para implementação da tecnologia

Módulos fotovoltáicos, bombas solares, barrerias, controladores eletrônicos, caixas d´água. A quantidade dependerá de cada comunidade, do seu potencial e do modelo a ser implementado. De qualquer forma é imprescindível que os equipamentos, mesmo de tecnologia de ponta como células fotovoltaicas, por exemplo, estejam disponíveis no mercado, sejam de fácil assimilação por parte da comunidade, tenham preços competitivos com as tecnologias tradicionais, não causem impactos ambientais nem à saúde das pessoas.

Valor estimado para a implementação da tecnologia

.

Instituições parceiras na tecnologia
Instituição parceiraAtuação na tecnologia social
Fundação LaGuardia – Estados UnidosApoio financeiro e tecnológico
USAID - Brasil - Estados UnidosApoio financeiro
InWEnt - AlemanhaApoio financeiro e capacitação
BVS& A – Bovespa - BrasilApoio financeiro
RTS - BrasilApoio logístico, divulgação
AshokaApoio logístico, divulgação
Fundação Banco do BrasilCertificação
Forma de Acompanhamento

A partir da implantação do projeto, foi concebido um um programa de articulação com o mercado, chamado AMercSol - Articulação do Mercado Solidário,que faz todo o acompanhamento de produção e vendas, dando assistência técnica aos pequenos produtores. Para tanto existem relatórios de acompanhamento de produção e vendas, que são apresentados e discutidos mensalmente com todas as microempresas sociais, no âmbito da associação comunitária composta por elas.

Forma de Transferência

1 Mobilização da comunidade; 2 Identificação das condições locais: água, energia, saneamento básico, recursos ambientais, vias de acesso; 3 Identificação de possíveis produtos de valor agregado, métodos e técnicas de produção e beneficiamento; 4 Pesquisa de nichos específicos de mercado para os produtos identificados, no contexto do comércio justo e solidário; 5 Definição de tecnologias a serem utilizadas com ênfase em energias renováveis e adequação aos conceitos agro-ecológicos, disponibilidade no mercado e fácil absorção pela comunidade; 6 Institucionalização dos meios de gestão para a produção e vendas.