Horta Doméstica Circular Irrigada com Garrafa Pet

certificada 2011

Instituição
Associação dos Produtores Orgânicos de Alta Floresta - MT
Endereço
Rodovia MT 208 km 140 - Com. Novo Horizomte - Alta Floresta/MT
E-mail
glaucineirealto@yahoo.com.br
Telefone
(66) 8409-7907
Responsáveis pela tecnologia
NomeTelefoneE-mailRedes Sociais
Glaucinei Brissow Realto(66) 8409-7907glaucineirealto@yahoo.com.br
Resumo da Tecnologia

Horta doméstica circular irrigada com Pet, de fácil manejo e aplicação, onde podem ser cultivados diversos vegetais, além de servir como composteira para o aproveitamento dos resíduos orgânicos das casas. Aplicável em qualquer residência que tenha aproximadamente 4 m² disponíveis.*{ods2},{ods3},{ods12},{ods13}*

Tema Principal

Alimentação

Tema Secundário

Meio ambiente

Problema Solucionado

-A falta de metodologia para instalação de hortas domésticas simples e funcionais; -A falta de iniciativas de produção das próprias verduras, temperos, ervas aromáticas e medicinais; -O grande uso de agrotóxicos nas verduras compradas nos supermercados; -A falta de unidades de reciclagem em muitos municípios da região que dariam destino às garrafas pet.

Objetivo Geral

Elaborar metodologia simples e funcional que proporcione o aproveitamento das garrafas pet e dos resíduos orgânicos gerados nas residências urbanas, transformando isso em elementos constituintes de uma fonte de alimentação saudável e orgânica.

Objetivo Específico

-Dar ao morador da zona urbana alternativa para construção de uma horta; -Aproveitar os resíduos orgânicos gerados pelos moradores da zona urbana; -Reaproveitar as garrafas pet; -Conscientizar a comunidade da importância de uma alimentação saudável; -Incentivar a produção orgânica; -Incentivar a cultura de subsistência.

Solução Adotada

Inicialmente, é realizada a confecção do aspersor de garrafa pet. Utiliza-se uma agulha de costura número oito para furar a garrafa em vários ângulos, que são responsáveis pela distribuição da irrigação no canteiro (ver instruções em anexo). Com o aspersor pronto, realiza-se a escolha do melhor local para implantar a horta e, ao centro deste local, é fixada uma estaca de madeira, contando-se aproximadamente um metro de altura. Nesta estaca é fixado o aspersor, que deve ser ligado a uma mangueira até o encanamento da caixa d’água. Já com a mangueira ligada ao aspersor e o aspersor fixado na estaca, liga-se o registro, deixando molhar por alguns minutos. Após o chão ter sido molhado, marca-se com um risco até onde foi o alcance da água, que formará um círculo. Depois de marcado, cava-se uma valeta de aproximadamente 20 centímetros de profundidade, onde serão colocadas as garrafas pet que constituirão o canteiro. Elas devem ser lavadas e enchidas com uma solução de um ml de cloro por litro de água utilizada, o que evitará a produção de algas dentro das garrafas. Com as garrafas cheias e tampadas, e a valeta circundando a horta, enterram-se as garrafas de cabeça para baixo, formando, assim, o canteiro redondo. Já com o aspersor posicionado e as garrafas circundando o canteiro, afofa-se a terra no interior do circulo. Depois de afofada, adiciona-se compostagem pronta e os resíduos orgânicos disponíveis. Orienta-se que o plantio seja bem diversificado, podendo ter, além das hortaliças, flores e hortaliças de porte alto, contanto que sejam plantadas na face sul, para não fazer sombra frente as demais plantas, de porte baixo. Essa horta, quando bem manejada, fornece verduras, temperos e ervas para uma família com até dois adultos e duas crianças.

Resultado Alcançado

-A tecnologia foi publicada pelo Sebrae de Mato Grosso (MT) na Cartilha de Tecnologias Sociais edição 2008; -Também através do Sebrae-MT, foram realizados dois cursos sobre a tecnologia, um em Campo Verde-MT, tendo a participação de 25 pessoas, e um em Tangará da Serra-MT, tendo a participação de 20 pessoas.

Locais onde a Tecnologia Social já foi implementada
Cidade/UFBairroData da implementação
Alta Floresta / Mato GrossoJardim das Aráras, Chácara Esteio05/2007
Carlinda / Mato GrossoSetor D, Com. Nazaré05/2009
Alta Floresta / Mato GrossoCom. Nossa Senhora do Guadalupe05/2009
Alta Floresta / Mato GrossoCom. Novo Horizonte05/2011
Campo Verde / Mato Grosso05/2009
Tangará da Serra / Mato Grosso12/2010
Público-alvo da tecnologia
Público alvo
Adolescentes
Adulto
Agricultores
Quantidade: 10
Recursos materiais necessários para implementação da tecnologia

-Aproximadamente 100 garrafas pet de um litro e meio, dois litros ou dois litro e meio; -Uma estaca de madeira de aproximadamente 120 centímetros; -Um enxadão; -Um cotovelo para mangueira ½” ou ¾”; -Agulha fina de costura número oito; -Um pedaço de mangueira ½” ou ¾”.(O tamanho vai depender da distância até a fonte de água.); -Um registro ½” ou ¾”; -15 metros de tela (quando na residência possuir animais).

Valor estimado para a implementação da tecnologia

-Garrafa pet: R$ 0,00; -Estaca de madeira: R$ 5,00; -Enxadão: R$ 20,00; -Cotovelo: R$ 1,00; -Agulha: R$ 0,25; -Mangueira: R$ 20,00; -Registro: R$ 12,00; -Tela: R$ 60,00; -Madeira para cerca: R$ 100,00. Total: R$ 218,25.

Instituições parceiras na tecnologia
Instituição parceiraAtuação na tecnologia social
Sebrae-MTDivulgação na Cartilha de Tecnologias Sociais em Mato Grosso - Edição 2008
Impacto Ambiental

-Redução da queima e descarte de resíduos orgânicos, que, na maioria das vezes, são considerados lixo pelos moradores da zona urbana; -Reaproveitamento de garrafas pet, que, em municípios onde não há unidades de reciclagem, são descartadas gerando custos econômicos e ambientais.

Forma de Acompanhamento

Realização de uma unidade experimental e conversa com as pessoas que implantaram. Obs.: Não possuímos recurso para fazer o acompanhamento da maioria das unidades implantadas longe de nosso município.

Forma de Transferência

Oficinas e cursos juntamente com o material didático são as melhores formas de se transferir esta tecnologia. Estão em anexo apostila, fotos e partes da cartilha de tecnologias sociais. Temos intenção de, no ano de 2012, publicar um livreto passo-a-passo contendo também dicas sobre a produção de hortaliças orgânicas, controles alternativos, produção de mudas, dentre outras informações.

Anexos da tecnologia
LegendaArquivo/Download
Apostila para confecção dos canteirosBaixar
Cartilha TS -CapaBaixar
Cartilha TS - Pag 15Baixar
Cartilha TS - Pg 16Baixar
Cartilha TS - Pg 17Baixar
Uso da Tecnologia em Maior escala - Alta FlorestaBaixar
Uso da tecnologia na formação de pomar agroflorestal em Carlinda-MTBaixar
Depoimento Livre

A tecnologia aqui apresentada, além de ser de fácil montagem e manejo, proporciona a reutilização de matérias recicláveis, o aproveitamento dos resíduos orgânicos gerados pelas famílias, e a produção de alimento fresco e saudável, sem agrotóxicos. Também é ótimo passatempo para aliviar o estresse, proporcionando um lindo jardim produtivo.